domingo, 20 de novembro de 2011

9 comentários:

Leonardo B. disse...

[de poema gravado na pedra]

um abraço,

LB

Justine disse...

Quando os poemas são feitos de silêncio fundo, sentido, vivido!
Gosto dos teus poemas físicos, miúdo:)))
Um beijo e vivá poesia dentro dos nossos dias!

Nanda Assis disse...

não deixe a flor murchar,ela precisa de ser regada com palavras, a flor da pele.

bjos...

Cynthia Lopes disse...

Adoro imagens associadas aos versos, ao poema! lindo,
bjs

Sonhadora disse...

É à flor da pele e em silêncio que por vezes as palavras gritam mais.

Um beijinho
Sonhadora

A. disse...

cá estou eu de novo.
boa noite:)
e em silêncio me retiro.
beijinhos
Ana

Lílian Mota disse...

Olá, achei o seu blog, seus poemas e suas fotos uma coisa linda, por isso quis registrar no Postextos, para meus amigos também conhecerem.
Um abraço pra você também.
Lílian.

Vivian disse...

Olá!

Lindo a forma como você faz poesias com as imagens!!!Muito criativo!
Obrigada pela visita!
Seja bem-Vindo!
Beijos!!

Secreta disse...

Silêncios que "falam".