domingo, 5 de outubro de 2008

Caminhos escritos à mão

Enfeitarás o coração com sentimentos presos fora do comum acreditando desesperadamente que é possível endireitar o destino com uma varinha mágica. Custe o que custar. Agarra-te. Não me deixes cair fora do túmulo do poema. Sacode-te!!
Escreve mais um copo para esquecer. Só mais um pouco desta loucura essencial ingerida aos tombos. Mais um caminho que termina amanhã. Só mais um corpo com sono de viver.
Quem ama assim as nuvens é inevitavelmente um dá dor de palavras. Eu sou simplesmente um dador de sangue em estado sólido. Custe o que custar. Não me deites fora. Deita-me dentro. O corpo é irrepetível por mais que o plastifiquemos. Uma desordem no equilíbrio dos pilares da ingenuidade e do tempo de ser sem tempo. Um chamamento vagaroso sem resposta para o fim. Custe o que custar.
Que não te custe muito não me deitar fora. Deita-me. Fora do comum. Fora da lei. Fora daqui. Do poema para fora das palavras. Das palavras para fora do silêncio. Do silêncio para fora da tua boca. Deita-me. Adia a ousadia da noite. Não adianta trancar os olhos. Adiantei os ponteiros do relógio para trás. Custe o que custar.
Serei sempre o primeiro a não entender nada do que escrevo. E o último a engolir estrelas escritas à mão.
Fora do comum. Fora deste fragmento autografado que te ofereço. Como se fosse uma fotografia de mais um sonho embrulhado na tua mão. Custe o que tiver que ser. Serei sempre um dá dor de sangue do universo do teu não querer. Custe o que custar. Se temos que sorrir então que doa de uma só vez.

Pedir aos pássaros que regressem contigo dos céus não é senão pedir em vão asas para continuar a cair!!

93 comentários:

Shakti disse...

Mais um belo texto teu , onde entre este teu paradoxo que já nos habituas-te nos brindas com uma taça de puro champanhe soletrado mais elevada possível ao AMOR !!

bjs

bat_trash disse...

Enfeitamos sempre nosso coração, seja com ilusão ou esperança porque temos desejos por vezes inacessíveis: é o amor pelas nuvens amando s o sonho de vida ou de viver. No amor os corpos são irrepetíveis , pois cada corpo é único: uma digital na existência.
A mão escreveu e descreveu o caminho com a alma.
Bat Kiss.

rosa dourada/ondina azul disse...

Sorrir, não custa...é tão simples :)


Boa semana,

© Piedade Araújo Sol disse...

paradoxo ou não...este texto tocou-me...

Caçadora de Emoções disse...

Ilusionista de Palavras,
Mais um texto com "artes mágicas". Sinto que estou presa à tua "magia literária"...

Muitos, muitos sorrisos :)))

Val Du disse...

Quanta inspiração!
Continue assim nesse caminho.

Um grande beijo.

OUTONO disse...

Edu

Como sempre...o outro lado da escrita, a outra forma de pensar, a criatividade do outro lado do pensamento.

Nunca resignes a esse génio da tua pena incorrupta do banal.

Admirável.

Abs.

Maria Dias disse...

Um transbordar de palavras percebo daqui.Algo não cabe dentro de ti de tão grande.

Beijoe ótima semana

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

É com muita tristeza e lágrimas, Edu, que venho despedir-me, pois estou deixando a Blogosfera, pelo menos por ora. Mas o Blog ainda é meu e mantive o meu perfil, caso eu possa um dia voltar. Postei uma despedida. Se quiser despedir-se de mim, apareça.
Foi uma honra conhecê-lo.
Um beijo,
Renata

GMV disse...

Eduardo,
És um dador de palavras em estado lírico.

Boa semana para ti.
Bjs

a louca disse...

Que caminhos gostosos de se percorrer... por tua mão escritos... lindos...
Adorei isso aqui! Posso linkar?

Ah, e obgda pela visita e pelo comentário!

odilla disse...

Muito bom!
Admirável!

Bjs

odilla disse...

Muito bom!
Admirável!

Bjs

palavrasdevida disse...

Belo texto.

Bjs

Carla disse...

mais do que entender...eu sinto o que escreves
És um da-dor de palavras mágicas...como só tu consegues ser
obrigada
beijos e boa semana

ÞrincessFaßiana disse...

Sinto ...
Senti ...
Senti-te ...
Sinto-te ...
Excelente inspiração ;)
Divinal, saborosa e delirante!
Simplesmente excelente.
Beijo :)

ÞrincessFaßiana disse...

ahhhh ...
p.s : é bom saber que inspiro alguém :)

Beijo

JOICE WORM disse...

Em tempos me fizeste uma visita. Não sei porque, não lhe dei atenção. Penso que a foto que tinha antes, me assustou. Gosto mais desta. Parece mais humano, apesar de não ver os olhos.
Gostei do que escreveste, o que mostra que não é preciso ter um rosto, mas sim, uma cabeça!
Bem haja!!

fi disse...

Este texto não ficou senão perfeito.
Tu sabes como cativar cada leitor que por aqui passa.
Parabéns!

Maior beijo *

Ana Maria disse...

Gosto de vir aqui, sempre encontro muito de essencial.
Ótima segunda-feira!
Beijinhos!

Blood Tears disse...

Não há melhor maneira de começar a semana..... Do que passarpor aqui e ler esta alma a falar....
Um dar de si, dar de palavras, dar e não deitar. Dei.... E senti...

Sublime!

Blood Kisses

amordemadrugada disse...

Obrigada pela visitita
deixo um abracito e a promessa de voltar depois, com mais tempo
Um xi

TENHODOISOLHINHOS disse...

Mesmo paradoxal... um belo texto.

Fixei-me numa frase do final: "...Se temos que sorrir então que doa de uma só vez...."

Marcia Barbieri disse...

Simplesmente maravilhoo,o que mais dizer? tudo já foi dito

beijos ternos

Anita. disse...

O texto absolutamente admirável.

Obrigada por ter deixado a sua marca no meu blog.

B*

mariazinha disse...

é tão importante, enfeitar o coração...
;)

beijo*

Maria Dias disse...

Querido Edu....

Acabei de postar. Apareça no Avesso.

Beijinhos e um ótimo dia.

Clara disse...

"Só mais um corpo com sono de viver"

Belo, belo...

Beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Edu:
Dado que estou vivendo no limite do insuportável e não sei onde vai dar isso, para não deixar o meu Blog às mocas, estou fazendo pequenas postagens, em geral imagens de filmes e poemas relacionados que eu traduzo. Quero que vá ver, mas esta é a última vez que chamo. As pessoas tê de ir espontaneamente.
Um beijo,
Renata

Nanda Assis disse...

belo escritor, parabéns por sempre trazer bons textos.

bjosss...

Shadow disse...

Só consigo dizer uma palavra...
Lindo!

Bjs,
Shadow

Fa menor disse...

Amigo,
Se tem que doer, então há que sorrir sempre!!!

Beijinhos

Mary West disse...

Lindas, linas palavras mesmo. Vou buscar minhas asas. ;)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Edu:
Tenho algumas coisas a dizer. Não vou fechar o Blog, mas estou fazendo pequenas postagens de cenas de filmes com poemas ou letras de músicas (traduzidos por mim) relacionados. Ante-ontem fiz uma e ontem à noite fiz outra. Também decidi que não vou chamar ninguém para comentar os meus posts. Quem gostar de mim, o fará espontaneamente.
Um beijo,
Renata

Justine disse...

...e cada vez mais paradoxal, o que é muito saudável!!

O Profeta disse...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais


Vem partilhar comigo uma história real



Abraço

Morgana La Folle disse...

Muito bonito texto, muito teu.
Tens uma "escrita ao contrário", estás do outro lado do espelho? :)

Beijo, Edu.

Ana Maria disse...

Endireitar o destino com uma varinha mágica, pura magia.
Adorei!
Beijinhos!

Maria Clarinda disse...

Começar a manhã no teu blog que não conhecia, foi muito, muito bom. Lindo o teu texto e...claro voltarei mais vezes

~pi disse...

mas pede e docemecnte


c

a

i



( haverá terra! :)




~

Uma estrela errante disse...

Olá,

Sublime!

emoção pura...

beijinho

Maria Anjos Varanda disse...

mais um optimo texto.....
como sempre aliás...

Beijos

Filoxera disse...

Este "Caminhos Escritos à Mão" tem tudo de paradoxos, numa escrita muito criativa.
Parabéns.

em azul disse...

Eu também trago os meus sonhos embrulhados... para não os ver por fora.
Obrigada pela visita
Um abraço
em azul

O Árabe disse...

Esta é a verdade, amigo: à mão são escritos os nossos caminhos. Aos pés, cabe apenas percorrê-los... :) Meu abraço, bom fim de semana.

Dry Neres disse...

Você é incrível.. você sabe cantar verdades em sonoridade de anjos.. você é.. simplesmente é!
Meus beijos pros Meus Paradoxos! :)

Anónimo disse...

beijos.

Desnuda disse...

Caminhos perdidos em sentimentos intensos, Edu. A tua força escreve os caminhos, mas não consegue segurar o coração que transborda nas linhas poéticas, disparatadas de emoções.


Grande beijo...Um grande prazer tenho em te ler...

Maripa disse...

Amo o que escreve.Já aqui vim senti-lo mais que uma vez,mas sem me atrever a comentar...Tanto talento!

Bem haja pela sua visita ao meu mar,fiquei encantada.

Posso abraçá-lo?

Carlos Rebola disse...

Caminhos, vários, me trouxeram aqui, parei, gostei e voltarei.
Doação bonita.
Bom fim-de-semana

Abraço
Carlos Rebola

TCHI de Tchivinguiro disse...

...perigoso voo... para um belo ensaio desenhado à mão.

Meg disse...

Eduardo,
Mais um belo texto com a tua marca. Paradoxal.
Gostei.
Um bom fim de semana.
Um abraço

Carolina Montenegro disse...

Texto deslumbrante, que maneira magnífica de brincar com as palavras! :)

JC disse...

Gosto dos seus textos. Tem o dom de escolher as palavras certas para cada frase, para cada parágrafo. Transmitem-nos sempre um ensinamento ou trazem-nos um mensagem, que eu, pessoalmente, admiro.
Abraço

Ivete disse...

Lindo seu texto.....
passando pra deixar um beijo e desejar um lindo inicio de noite pra ti
beijsssssss

João da Silva disse...

Delícia de texto, Edu, como de costume. Aqui é que se quebra a jaula das palavras com a riqueza da emoção. Senti-me como um lobo, doido para uivar para a lua, de tanto prazer.
Abraço fraterno, meu caro!

☆Fanny☆ disse...

Já alguém te chamou "Ilusionista das Palavras" e com muita razão! Sabes fazer magia com elas e com os sentimentos.

"Escreve mais um copo para esquecer..." Simplesmente fantástico!

Um beijinho com admiração*

Fanny

Maria disse...

Paradoxos,

Um texto sublime... (.-_-.)

Bom domingo.

Beijos ternurentos

Poemas e Cotidiano disse...

Nossa, fiquei impressionada com seu jeito de escrever! Que coisa mais linda. Li e reli. Simplesmente MARAVILHOSO! Voce brinca com as palavras e as une de uma forma fantastica, e muito magica...
Parabens! Vou linkar voce no meu Blog para que possa sempre visita-lo.
Um beijo.
Mary

Margarida disse...

ja ha algum tempo que cá nao vinha...é bom matar saudades! e o texto está maravilhoso!
beijinho

mundo azul disse...

Eu gosto do seu modo de expressão...
Seu texto tem alguma amargura mas, é muito bonito!


Beijos de luz e uma semana feliz!!!

vida de vidro disse...

"Que não te custe muito não me deitar fora". Talvez paradoxal, mas como gostei de seguir essa corda de palavras que tenta prender algo sem saber se vale a pena... **

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo Edu:
Voltei a comentar filmes, já não era sem tempo. Vá dar um olhada.
Um beijo,
Renata

Cöllyßry disse...

O tempo que anda a passos de gigante...Texto delicado e gostoso

Beijito

Em pensamentos aqui__________


olharIndiscreto

Ana Maria disse...

Se temos que sorrir,
que o sorriso seja breve.
Doe sorriso!
Meus beijinhos!

Dani Santos disse...

É preciso despalavrear para expressar a torrente de sonhos sonoros que nos invade ao ler teus poemas... a imaterialidade das tuas palavras robustas, dos teus versos inversos.
Passarei sempre por aqui.
Abraço

Beautiful Stranger disse...

estava com saudade desse espaço; nos presenteia com mais um de seus belos e incomparáveis 'posts'; esses caminhos, escritos à mão, cheios de sentimentos, cheios de esperança, parabéns 'sempre'...

:D
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

vida de vidro disse...

Deixei-te um mimo lá no Vemos, ouvimos e lemos. **

Filomena Barata disse...

só mais um corpo para encontrar, inscrito nas palavras que sonhei

O Árabe disse...

Nada paradoxalmente, deixo-te o meu abraço e votos de uma boa semana!

Anónimo disse...

Adorei gostava que fosse a  arte-e-ponto.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Preciso que você vá com urgência ao meu Blog e ponha um comentário no meu novo post.
Renata
Se não fosse urgente, eu não chamaria

isabel mendes ferreira disse...

"Pedir aos pássaros que regressem contigo dos céus não é senão pedir em vão asas para continuar a cair!! "



_______________


belíssimo!!!!!! (érrimo)

elvira carvalho disse...

Mais um excelente texto. A fazer juz ao titulo do blog.
Um abraço

Caçadora de Emoções disse...

Ilusionista de Palavras,
Passei só para te desejar uma boa semana...

Um abraço de amizade :)

© Piedade Araújo Sol disse...

vim "ver" se havia novo texto.

como não há, e não se deve forçar a inspiraçao, deixo então um

beijo

Viola De Lesseps disse...

escreves com tal alma...tao bonito texto este teu.

Beijo

"Sofi@" disse...

Lindo o texto <3
E se o que queres é escrever.
Escreve á vontade, não tenhas medo escreve mais um pouco, porque o fazes de uma maneira linda.
Beijo



"Sofi@"

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu amigo Edu:
Acho que ontem o chamei meio desesperada, porque uma doida andava de Blog em Blog me difamando. Mas hj j´s está tudo bem e fiz o POST DA PAZ. Se puder, apareça. Já li seu post umas 453 vezes, toda vez que passo ou venho por aqui. Eu acho que você tem um talento incrível. Admiro-o muito.
Beijos,
Renata

Cleopatra disse...

"Pedir aos pássaros que regressem contigo dos céus não é senão pedir em vão asas para continuar a cair!! "

Continuo a gostar de vir aqui É verdade.
Qdo me visitares vai ao Blog so sapo.ÉS sempre bem vindo. Abraço

JADY*ALVES disse...

Custe o que custar, hás de encontrar o que esperas achar, voe, mas um voo razante pra não te perderes nessa infinidade de estrelas e ofucares teus sonhos.

Abraços e carinhos.

Nilson Barcelli disse...

Fabulosa prosa poética.
A tua criatividade é enorme.
Gosto da tua escrita desconcertante. As imagens que vais construindo com as palavras são excelente e algumas são do melhor que já vi.
Abraço.

mariam disse...

Edu,
quando aqui venho, leio, quase sempre duas vezes, não, não é porque não percebi, é porque qualquer coisa me impela a ler outra vez... depois medito.....

a sua escrita é demais.
um grande sorriso :)

mariam


ah! também sou___ dá dor a___ mas de sangue líquido, outro género de poesia___ a solidária.

e, que o lançamento do livro seja um sucesso.

Deusa Odoyá disse...

Olpa amigo.
Excelente texto , como sempre escreves o caminho que leva a tua alma.
Parabéns, continues a nos prestigiar com belos textos, um poeta de verdade.
Beijos amigo.

Regina Coeli.

Anónimo disse...

Custe o que custar doa-me um pouco da tua inspiraçao,injecta-me as palavras pelo sangue,escreve ao tempo e pede que ele se prolongue.beijao paco
walessa

Anónimo disse...

Agora propositadamente para fazer o dia rimar com a hora.O tempo tb faz poesia...
beijos paco.
walessa

Cristiana Fonseca disse...

Belíssimo texto, és um perfeito escritor. Não tenho palavras pra dizer, apenas admiro.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo, e o seu lindo post continua. Fiz postagem. Apareça.
Um beijo,
Renata

Fa menor disse...

Para além de vir saborear as tuas sempre maravilhosas palavras, venho deixar-te um agradecimento por te teres importado :)
É bom poder sentir que se tem por perto quem se importa!

Beijinhos

Poemas e Cotidiano disse...

Oi Edu!
Estava aqui a ler voce novamente. Seus textos sempre requerem uma segunda leitura.
A primeira leitura eh a do SENTIR e a segunda leitura eh a do INTERIORIZAR. Acho que ainda existe uma terceira, que seria o INTERPRETAR DE CADA UM
Simplesmente hoje interpreto o sentir...
"O corpo é irrepetível por mais que o plastifiquemos. Uma desordem no equilíbrio dos pilares da ingenuidade e do tempo de ser sem tempo. Um chamamento vagaroso sem resposta para o fim"
Li, reli, "trili"... Lindo!

Beijos
MARY

xanata disse...

ja tinha saudades de ler estes teus maravilhosos textos:)
dcpa a ausencia

Poemas e Cotidiano disse...

PS: Eu quem agradeco por te-lo descoberto. Eu leio seu texto desde a primeira palavrinha ate a ultima. Eu tenho costume de sempre de um texto tirar coisas que me calam na alma. No seu eh impossivel! Desde as primeiras palavras, ate a ultima, as metaforas, as palavras novas construidas, tudo... eu teria que escrever tudo...
Menino, voce escreve DIVINAMENTE. E consegue nos passar essa dualidade, essa briga de sentimentos, e essa rendicao final.
Beijos
MARY

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,