quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Versículos

Adormece-me para sempre. Acorda-me de vez em quando para respirar o perfume dos lírios. Segura com os dentes os pilares sísmicos das noites tatuadas com a seiva da insónia. Seduz-me a alma e a intuição. Senta-te no colo das nuvens. Ferve os aguaceiros que sobem pelo céu acima. Lambe uma palavra. Absoluta. Atravessa o teu travesseiro. Vomita os rascunhos dela. Afaga os insectos que dançam à volta da lâmpada enferrujada no telhado frágil sempre perto de desabar em cima das nossas utopias convulsivas. Estou longe de remendar os alicerces da nossa única casa. Comigo. Mas estou perto de atirar sonhos usados contra as portas da casa. Comigo. Longe de entornar os fluidos dos nossos corpos no chão desta casa. Comigo. Porque ter-te-ia pedido. Porém. Perdoa-me por não te ter amado ontem como amo hoje a tua ausência. Por não teres escapado ilesa aos versos e versículos afiados deste desafio que é domar os capítulos do quotidiano. Não irei à tua procura. Nem que as palavras se afoguem nas marés. Os cromossomas da saudade se afoguem nesta gritaria hereditária. As fogueiras se apaguem em metades de um infinito vestido de lã terna iluminando com seus rasgos de luz ternos e macios o coração que bate e embate contra o peito. Está dito. Nem um só soneto pior que a ementa. Nada direi. Mesmo que não aceites o meu alfabeto. Semearei uma gota de água na tua sede. Plantarei uma floresta dentro de casa. Comigo. Nada direi. Não vais precisar mais do que metade do infinito para me ressuscitar. Foste. És. Serás. Próspera. Um caso ao acaso. Areia movediça. Áspera. Volúvel. À espera de um milímetro de oásis. E se houver lágrima. Atravessá-la-emos. Se houver uma casa. Vestir-me-ei com as tuas cortinas de lã. Dar-te-ei de beber água em pó. Juntos. Mudaremos as fraldas aos poemas melancólicos.
Porque tristeza é ler uma emoção e achá-la triste por ser bonita!
Porque nada direi. Porque nadarei até que as forças me percam os braços. De resto. Só isso. Juntos. Deitados à beira-amar. Enumerando as estrelas no tecto. Supondo dar um fim ao fim do que é doce e breve. Nada direi. Ainda que me obrigues a beber o mar de uma só vez. E que continuemos cúmplices do simulacro dos poemas que tens achado. Frígidos. Sem pontos erógenos. E sísmicos. E amnésicos. E pejorativos. E impulsivos. E só isso. Pois. Nada direi. Sobre este dormitório. Onde as paredes são húmidas de alto a baixo. Onde. Há bolor nos livros por ler. Onde. Lâmpadas enferrujadas criam a ilusão de luz. Onde. Construímos versículos de água em pó. À beira-Amar.

83 comentários:

Poemas e Cotidiano disse...

Hedu...aqui estou. Primeiro dia do ano. Ia dormir...e vi que voce postou. Entao vim. Porque a essa hora, a alma esta assim cheia de expectativas, e tambem medos. Mas cheguei aqui e me senti "em casa".
E fui dedilhando suas letras. Como que descobrindo aquele tesouro escondido no fundo do mar. Um tesouro brilhante. Puro, sem lapidacao. Bruto, porem tao suave.
Que lindo! Suas palavras sempre me
emocionam. Mexem com meu interior, descobrindo aqueles meus tesouros.

Como disse a voce, eu sempre quando leio um texto, algumas frases se tornam em "bold", e se firmam como aqueles avioes que voam com propagandas no ceu. Sabe como eh? Entao!
So que deve ser o aviao do ceu dos meus pensamentos.

Entao aqui, eu escolho (puxa menino, como eh dificil, dificil escolher!). Na verdade todo seu texto eh lindo. Suas metaforas sao fantasticas!

Leio e se faz uma paisagem, leio e se desnuda uma historia. Uma historia que esta dentro de voce.

Mas ai vai...(muito a contragosto escolhi...mas nao vale copiar o texto todo, ne?).

Perdoa-me por não te ter amado ontem como amo hoje a tua ausência. Por não teres escapado ilesa aos versos e versículos afiados deste desafio que é domar os capítulos do quotidiano.


Vestir-me-ei com as tuas cortinas de lã. Dar-te-ei de beber água em pó. Juntos. Mudaremos as fraldas aos poemas melancólicos. Que fantastico isso, meu amigo! Que poder dessa frase!

Porque tristeza é ler uma emoção e achá-la triste por ser bonita!

Voce eh uma linda pessoa. Com tantos sentimentos dentro desse seu lindo coracao.

Voce precisa escrever um livro.
Vou ser a primeira da fila para pegar um autografo! (se eu conseguir pegar o aviao!).

Meu amigo...que feliz estou nesse momento por estar aqui, antes de dormir, para lhe deixar minhas palavras. E meus sentimentos.

Que bom que voce um dia apareceu no meu Blog, e deixou seu recado.

Eu amo ler voce!

Beijos carinhosos.
FELIZ ANO NOVO (outra vez!).
Fica com Deus. Que ele o cubra com seu manto de paz. E embrulhe seu coracao em uma manta muito especial.

Mary

Poemas e Cotidiano disse...

PS (Ah eu sempre tenho um PS....
(acho que eh porque minha vida eh cheinha de PS's...

Sabe, uma frase de impacto é "o desafio que é domar os capítulos do quotidiano"

Que lindo isso! A gente sofre ao doma-los, mas ganha tanto em vida!

Agora vou mesmo.
Boa noite.
Beijos
MARY

Liz / Falando de tudo! disse...

nossa que lindo seu post!
sonhos usados...
concordo com você de que a tristeza é bonita por ser triste!
so passei pra te desejar um 2009 repletos de novos sonhos usados!

Perla disse...

"Porque tristeza é ler uma emoção e achá-la triste por ser bonita!"

Continua a emocionar sempre assim neste Novo Ano. Que este te seja recheado de Amor e Paz!

Beijos

Ca:mila disse...

belo texto.

abraços,

c.

ps: 2009 de luz.

Shakti disse...

Um texto carregado de tristeza e de sentimento puro...tão puro que torna esta tristeza patente linda de se ler ...afinal estamos dentro da "casa"de Paradoxos...

bj e bom 2009

FERNANDA & POEMAS disse...

Querido Amigo Heduardo, neste primeiro dia de 2009, quero agradecer ao Pai do Céu ter-te conhecido... Quero deixar-te um abraço no teu coração e muitos beijinhos de carinho, amizade e ternura...! O texto está magnífico... É caso pera dizer, é um texto do Hedu...........Abraços,
Fernandinha

P.B. disse...

Gostei deste teu versículo I, não por ser triste, mas por ser sentido...

Beijinhos e que tenhas um bom ano, que começaste lindamente

trebaruna_666 disse...

espero k essa entrada em 2009 tenha sido em grande =)
beijinho***

GMV disse...

"Semearei uma gota de água na tua sede."

É pura sinestesia a tua relação com as palavras... e eu gosto-[TE] tanto!

Beijo em ti, querido Edu

Chris disse...

olá, obrigada pelas felicitações, desejo o mesmo pra ti e sua família, que seja um ano Abençoado e feliz

Te linkar, pra poder ler com mais calma seu blogue, muito lindo o texto inicial "Versículos"

Bjs,
Chris

OUTONO disse...

Solfejos maiores de um escrever infinito...ruídos de um vício cultural em alta...sem paradoxos de dor ou ou culpa...antes prazer.

Um 2009 pleno de aritméticas incorruptas e, sabores culturais "mais decentemente à mão"..

Abraço forte!

Eu sei que vou te amar disse...

Feliz Ano meu lindo!
Tal os versiculos que beijam a essencia dos nossos sentires, humedecendo as lagrimas que pintam o rosto de vermelho!
Um beijo doce

Pena disse...

Genial Amigo:
Quando entro aqui sinto um arrepio de admiração imensa.
Deixo-o com um Sentir em relação ao mundo belo e fantástico de humanismo.
A Felicidade não tem preço! Não se regateia em qualquer hipermercado da moda. Nem se disputa num leilão de despacho desesperado de coisas inúteis. Nem se publicita em anúncios arranjados de canais televisivos, a horas de maior audiência.

A Pérola preciosa que é a Felicidade quando surge e nos abarca com encanto e magia, não se consegue descrever. Está assente num cantinho precioso de nós!

Abraço forte de respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-lo pelo seu enorme talento e génio criativo.

pena

Pena disse...

Perfeito 2009 extensivo aos seus familiares.
Bem-Haja, amigo.
Abraço. VOCÊ será sempre extraordinariamente genial.

pena

Viola De Lesseps disse...

que todos os momentos de 2009 sejam inesqueciveis...e nunca nos deixes de presentear com as tuas palavras.

bjs

lilipat2008 disse...

palavras sábias...como sempre...:)

Feliz 2009!!!

JC disse...

Texto carregad de alguma tristeza e nostalgia, mas ao mesmo tempo de muita esperança.
Um abraço

Kátia disse...

FELIZES DIAS EM 2009!!!

Desejo-te muita saúde e amor.E que continues nos presenteando com essas palavras absurdamente lindas!

Beijo,beijo,beijo e OBRIGADA pela força e amizade.
:)

mariab disse...

"Perdoa-me por não te ter amado ontem como amo hoje a tua ausência".
Acontece tantas vezes! Apreciei muito o que por aqui li. Convido-te a visitar o meu espaço. Beijo.

Justine disse...

Torrente incontrolável de afectos e desafectos, que tudo varre.Que tudo cala e tudo diz. Brilhante!
Beijo, e BOM ANO:))

vida de vidro disse...

Que torrente de sentimentos e como nos envolve! Está no texto tanta coisa que nos tocou a todos alguma vez... Belo. **

Isabel José António disse...

Queridos Amigos,

Após uma longa ausência, estamos de regresso!
Venham visitar-nos às diferentes “salas” da nossa “casa virtual”:

http://flordojacaranda.blogspot.com/
http://diarioestetico.blogspot.com/
http://reflexoessentidas.blogspot.com/
http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/
Isabel e José António desejam um Feliz Ano Novo e a Realização dos vossos melhores sonhos!

Maria de Fátima disse...

quando a gente depara com isto é como se rezasse e o que se lhe pede que faça é uma prece, um agradecer a quem escreve e aos deuses, que os há, imensos e múltiplos, nas sílabas, nas palavras, em cada letra!
assim por exempo
"Por não teres escapado ilesa aos versos e versículos afiados deste desafio que é domar os capítulos do quotidiano."

bat_trash disse...

Heduuuu:
Que lindo...nossa, fiquei sem palavras...esplêndido, amigo!
Bat Kiss.

PS:Que seu caminho seja sempre repleto de sol, flores, fadas, arco-íris e sonhos.
Que a sua estada neste planetinha azul seja cheia de amor, amigos, luas cheias, lembranças lindas, aprendizado eterno e anjos que o guiem.
FELIZ 2009!

Maripa disse...

Que riqueza de texto, querido Hedu.

Um tesouro à beira-mar.Palavras que emocionam e " mexem" comigo...

"Porque tristeza é ler uma emoção e achá-la triste por ser bonita."

Um beijo enorme de carinho.

Tudo de bom em todos os teus dias.

Lmatta disse...

Bom Ano 2009
beijos

Sunshine disse...

Começo por agradecer o que de tão belo partilhas conosco: a tua escrita.

"Acorda-me de vez enquanto para respirar o perfume dos lírios"

Feliz 2009.
beijinhos com raios de sol

Ana Maria disse...

Tenha um 2009 repleto de felicidades!
Beijinhos de paz!

Fernanda! disse...

Também sou um analfabeto da verdade que procuramos.

Gostei disso.

Também sou um analfabeto da verdade que procuramos.


Também sou um analfabeto da verdade que procuramos.

Volto com tempo pra te ler, tenho certeza que vou me encontrar em varios textos aqui.


Bjos de luz!!

Líria disse...

Venho agradecer a sua visita e desejar um feliz 2009.

Gostei muito deste texto.

Espero voltar a recebê-lo no LÍRIOS.
Bjs
Líria

PS- A minha amiga Mariazita postou lá hoje um poema muito bonito.

Sofá Amarelo disse...

Versículos que são pedacinhos de encantos de palavras e sentidos feitos de intuição e salpicados de água em pó... é bom começar assim o ANO!

Um bom ANO!!! Um abraço!!!

elvira carvalho disse...

Depois de uns dias de ausência, (desta vez foi o PC que foi para o hospital) estou de regresso.
Agradeço-lhe e retribuo os votos de bom 2009.
Um abraço e bom fim-de-semana

Pena disse...

Talentoso Amigo:
Deixo a sua inconfundível sensibilidade admirável e fabulosa com um extrato de um texto meu:
Neste Ano Novo de 2009, acreditem em Vós e acreditem que há sempre um lugar para a Felicidade.

Sinto perplexidade e espanto quando me assolam pensamentos que advêm de seres infelizes, descrentes de uma felicidade que tarda a chegar, não sei por que razão.

Nem que seja por instantes. Presentes. Pausadamente respirados. Ou sôfregos. Emotivos. Ou frios. Doces. Ou distantes. Ternos. Ou sem ternura. Alegres. Ou tristes.
Mas, intensamente vividos. Plenamente! Repletos de autenticidade. Verdadeiros. Sentidos. Únicos.
A Felicidade também pode ser sofrida. Angustiada porque não surge camuflada, escondida. É real ou sonhada em sonhos bons.

Abraço forte de amizade de um sonhador ignorado do mundo...com muito respeito, estima e um "sentir" gigantesco de amizade e gigante admiração pelo que admiravelmente "constrói" com dedicação imensa...
Com cordialidade sentida e sincera

pena

OBRIGADO por existir!

mariam disse...

Heduardo,

sensibilidade ao rubro!neste começo d'ano ler um texto assim, é só, fantástico!
como fantástico foi termos cruzado "olhares" . obrigada por estas partilhas, é privilégio meu vir aqui.

renovo os votos de um BOM ANO!
felicidades.

deixo pedacinhos d'arco-íris floral em forma d'abraço e o meu sorriso :)
mariam

Filoxera disse...

Lindo, Eduardo. Reflecte um amor que não conheceu o melhor dos caminhos, as é belíssimo.
Desejo-te um 009 muito feliz, em todas as áreas.
Um beijo.

manzas disse...

“Reencarnação”

Foi em tempos… há muito tempo
Um tempo longínquo que já não sei…
Recordadas no momento de um pensamento
Pergaminhos da memória que furtei

http://pensamanzas.blogspot.com/

Uma boa semana com um abraço amigo…

Alice Matos disse...

Assim é difícil comentar...
Texto fabuloso... forte... belo...

Fica bem...
E... escreve... muito...

Iriz disse...

Adoro os seus textos, sao lindos!

PARABENS

BEIJINHOS

Dry Neres disse...

Lendo me encontrava, quando meus olhos nadaram na palavra "Sísmico".. Usei-a hoje bem cedo, para traduzir alguns sentimentos meus. Eu me delicio nas tuas doces palavras, meus paradoxos... Sinto a tua falta como criança sente falta de cobertor.. Me alimento do que vejo à mesa.. e seus versículos me iluminaram..
Meus beijos...
Do seu Fascínio..

Dry!

Momentos disse...

I N C R Í V E L!

CARINHO, POETA HEDU!
VOCÊ!!! ""SER MÁGICO"!!!
PAZ ANJO AMIGO!

TCHI de Tchivinguiro disse...

...*...*...*...

Bonne Année!

Felice Anno Nuovo!

Feliz Ano Novo!

Feliz Año Nuevo!

Glückliches Neues Jahr!

Happy New Year!

Shubho Nabo Borsho!

...*...*...*...

Retalhos de Amor disse...

Te lendo pela segunda vez, pois já estive aqui outro dia e, diante do que li/senti não poderia deixar de retornar!!! Soube do teu blog através de uma Amiga comum, a Mary, e movida pela curiosidade encontrei uma fonte de palavras riquíssimas e metáforas incríveis!!! De agora em diante, virei sempre para sentir bem de pertinho essas maravilhas que escreves!!! Feliz 2009 pra ti e que sejas sempre mais palavras... Majestosas como essas que li!!! Beijo no teu coração!!! Iza

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Versículos de água é pó. Gostei e muito.
Amigo:
Convido-o para ir nos meus blogs, pois tenho quatro e publiquei em todos:
http://wwwrenatacordeiro.blogspot.com
http://poemasscancoes.blogspot.com
http://docesspoesias.blogspot.com
http://tristoeisolda.blogspot.com
Ficaria muito honrada com a sua visita. Não é preciso ir a todos os blogs, basta escolher um.
Um abraço,
Renata Cordeiro

Peter Pan disse...

Talentoso Amigo:
Um texto soberbo de maravilhar e encantar.
Como pode conceber tanta magia escrita.
Deixe-me dizer-lhe umas coisas:
Justifico uma vida que é a minha, com o amor que deposito em tudo o que faço.
Na abertura de sonhar, na abertura ao eterno pensar, na sinceridade pura e terna com que abraço tudo e todos. Na minha sinceridade que me afaga e sinto visível e presente em mim.
A Eterna Criança que Mora em mim. Que mora em todos nós. Acredito, convictamente nisto.
Quando me olho com olhos de ver, vejo uma criança. Sim! Sorridente. Feliz. De bem com todos.
Como amo o adulto - infantil que sou!
Como amo os Adultos- Crianças dos meus sonhos?

Excelente, como tudo o que faz.
Abraço amigo...

peter pan

OBRIGADO pela sua amizade e por existir.
Cordialmente...

peter pan

Cleo disse...

Bem, um poema mágico, maravilhoso, uma construção com as palavras certas que causam um impacto dentro da alma. "Lambe uma palavra. Absoluta. Atravessa o teu travesseiro." Viajei nestes versos.

Um feliz 2009 prá ti, com serenidade, poesia, amor, saúde e paz.

Beijos!
Cleo

Fernanda Alves disse...

tão itenso...
nada mais lindo que a beira do mar...

Sininho disse...

Nada se pode dizer senão não deixar de lutar, vencer ou ser derrotado é um detalhe secundário...

Lutar em silêncio pela alma que nos roubou as palavras =D

Um beijo eternoo*

Carla disse...

ler-te é rever-me em palavras
por isso te leio e releio
beijos e bom ano

Marta Vasil disse...

E assim fui respirando o perfume dos lírios enquanto me embalava nesta tua belíssima prosa poética. Soberba forma de escrita de emoções!

Um abraço

MV

Baraújo disse...

assim começando... que 2009 seja o primeiro de muitos e bons anos... sempre a melhorar... e que as linhas que pintam este lugar sejam sempre inspiradoras...

abraço

mundo azul disse...

_____________________________


Uma prosa que é uma viagem!

Gostei!

Beijos de luz e o meu carinho...

________________________________

Pena disse...

Admirável e Brilhante Amigo:
Um fabuloso texto poético decorado pela sua sensibilidade extraordinária e fascinante.
Só queria dizer à sua pureza e sensibilidade maravilhosas umas "coisas" se mo permite:
É tão bom “sentir” o pensamento. Na Alegria.
As ideias...? Tenho imensas. Sim! Fazem parte do que sou.
As ideias coabitam comigo. Sempre. Sim, amistosas. Solidárias. De bem com todos. Falam-me de “imenso”. “Imenso”. Só “imenso”, sabem? Conquistaram um lugar precioso nas coisas que vejo.
Quanto sentimento contêem? Não consigo apurar. Nem discernir.
Deram-se como válidas. Faz algum tempo.

Abraço amigo de respeito.
Sempre a considerá-lo e a estimá-lo imenso.
Bem-Haja pela sua enorme genialidade nos textos profundos que concebe.

pena

Anónimo disse...

paco, ja não sei com que palavras te presentear,cada texto teu vem nutrir ainda mais o nosso poema.
walessa.

Leonor disse...

e quanto mar para andar e beber...

Belissimo!!!

Maria, Simplesmente disse...

Hoje estive a ler como deve ser lido, e só duas palavras digo:

Forte e profundo!

Cpts
Maria

O homem e a mente disse...

É o que gosto de ler, palavras lançadas por um descarregar de emoções. Feliz 2009

ลndreia disse...

Carinho... *

paulo disse...

... Belo!!

(=

Carla Taiane disse...

Tristemente lindos...
sinto as vezes a intensidade do que escreves...
muitos bjos...

Clara disse...

Eduardo,

começas o ano da melhor forma. Eu ainda demorei a voltar ao meu mundo. A exaustão depois das festas provocam-me sempre inércia.

Beijinhos

Ciça disse...

Olá!!!

Obrigada pelo seu carinho. Sinto-me lisonjeada, já q recebi um elogio de um grande poeta.

Fico feliz e mto satisfeita.

Um abraço!

Auréola Branca disse...

Querido amigo que acompanha meu blog com tanto carinho. Venho aqui, pela primeira vez este ano, desejar-te feliz 2009.

Estou, particularmente, triste. A vida me dá provas, sempre, de que devemos amar as pessoas independente de quem sejam. Mas, esse amor sem cobranças também dói...

Tomei de uma de suas linhas para mostrar como me sinto, caro amigo. "Perdoa-me por não te ter amado ontem como amo hoje a tua ausência." Apenas, retificaria dizendo: Perdoa-me por não te ter amado ontem como amo hoje a tua migalha de existência, minha avó querida.

Obrigada por mais um toque na alma.

Claudia Perotti disse...

Olha que coincidência! Ontem mesmo estive a pensar sobre os seus textos e como o encontraria novamente, já que estive deletando meu blog e perdi todos os links ... e vc apareceu!

Como sempre, assumo todos os sentires quando te leio! Fantástico!

Beijinhosssssssss

Jorge Cardoso disse...

um mundo à descoberta de nós, onde os espaços são a silabas que libertam céu acima da desconchavêz do tempo.
Onde estamos pequenos nadas?

Na interiorização das melodias frágeis, cantndo versiculos!

Muito forte embalado pela magia de quem sabe empurrar o baloiço, onde se sentam as palavras...

abraço

Lmatta disse...

belo texto
beijos

Pena disse...

Genial Amigo:
Um texto FANTÁSTICO que parecem Versos admiráveis em toda a escrita deliciosa. Feitos pela sua fabulosa sensibilidade que expressa de forma apuradissíma e imensamente sensível.

“Visto” uma melodia musical maravilhosa e Terna que me apraz. Sim! Em Felicidade, porque não?
Existe. É real. Escutada docemente. Com imensa atenção.
“Calei” o écran televisivo. Sobrevivo assim. Penso...!!!
Eu. O “écran”silenciado. A melodia. A Felicidade. A Alegria. O Encanto. Tudo isto "mora" em mim. "Habitam-me" quando sinto e penso.
É tão bom “sentir” o pensamento. Na Alegria.
As ideias...? Tenho imensas. Sim! Fazem parte do que sou.
As ideias coabitam comigo. Sempre. Sim, amistosas. Solidárias. De bem com todos. Falam-me de “imenso”. “Imenso”. Só “imenso”, sabem? Conquistaram um lugar precioso nas coisas que vejo.
Quanto sentimento contêem? Não consigo apurar. Nem discernir.

Abraço Forte de amizade, estima e respeito.
Possui uma expressão escrita fantástica no seu puro sentimento e pensamento.Simplesmente: FABULOSO!
Bem-Haja, AMIGO ENORME.
O AMIGO SINCERO:


pena

Adorei, com sinceridade!

Multiolhares disse...

Lindo este texto, onde os sentimento ainda que repletos de tristeza estão ao rubro
beijos

f@ disse...

Perfume de lí rios e o sonho...
de percorrer as tuas palavras como pétalas acabadas abrir...

Sei lá o poder do sono profundo...se o cheiro dos lírios anda no sonho a embriagar as noites... amanhecer + tarde... nunca ter hora para acender a luz...


Beijinhos das nuvens

Madamefala disse...

texto profundo...penetrante....escreve muito lindamente.

(brigada pela visita)

bjos

innername disse...

à beira-amar, os livros musgentos pedem que se abram as folhas, uma a uma da massa nascida entre á água e o pó dos teus versículos. E basta-nos sentar e desfolhar pra entendermos que viver é muito mais que amar, é também permitir aos outros que cheguem até nós pelo amor. Que os teus versículos permitam a plantação de várias florestas dentro de casa. Pra que possamos sossegar a sede de infinito que trazemos...ou coisa ;)

em baixo já vi numb Uma delícia

Val Du disse...

Oiiii.
Passe no meu blog; tenho algo para você.

Beijos

Nyh! Marinho. disse...

Obrigada pela visita!
Volte sempre!

Simplismente linda a forma com que vc usou as palavras, fizeram-me ir junto com os escritos para esse tal lugar ai...!
Parabéns!
ah isso foi fantástico "Porque tristeza é ler uma emoção e achá-la triste por ser bonita!"

romério rômulo disse...

heduardo:
o diabo é que eu também não tenho vacinas.
um abraço fraternal.
romério

Isabel José António disse...

Caro Amigo Paradoxos,

Muitos parabéns pelo belo texto, pleno de contradições de estado de espírito. São assim as coisas que ocupam as mentes de tanta gente.

Com um fio condutor cheio de opostos. O Ser e o Não Ser.

Um grande abraço e volte sempre pois nós também voltaremos.

José António

loira mexicana disse...

CARA ...
TU È O CARA!!!
bjs

Betty Branco Martins disse...

._________querido Heduardo






magnifico este texto









.as tuas palavras






lambem em absoluto______os meus sentidos____...







bravo!______bravíssimo!!!





_________////







beijO_____ternO
bSemana

Cris de Souza disse...

Evoé !
Quanto lirismo...
(obrigada pela visita, não se demore a voltar)

Marlene Maravilha disse...

Que belo texto!
Cheio de sensibilidades e sentimentos únicos!
"Tristeza é ler uma emocao e achá-la triste por ser bonita". Que grande verdade!
Vai lá me visitar!
abracos

Saara Senna disse...

Olá, obrigada pela visita!

"Não irei à tua procura. Nem que as palavras se afoguem nas marés"... muito interessante isso!

Adorei o seu texto, muito emocionante!

Beijos :)



Boa semana!

Colibri disse...

Olá Edu,

Que prazer vir aqui e assistir o espectáculodo mago das palavras...

Recostado na minha cadeira,
No meio da minha sala escura,
Ecoam meus olhos nessa trepideira
Em sopa de letras e cores madura

Um abraço grande
Colibri
------
Os meus últimos sentires…
Parte 10 – Saltinho até Cabinda (O regresso)
Doce viajar…
Ricordeas lindas (Parte I)…
Projecto de vitória para 2009…

Oliver Pickwick disse...

Olá, meu velho! Bom vê-lo outra vez. Continua o mesmo, escrevendo tempestades as quais cada trovão é um verso, e as metáforas e as alegorias têm a força de dez tigres.
Um abraço e feliz 2009!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,