sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Obrigado mana Loide por me emprestares a tua máquina!

23 comentários:

Miguel disse...

Com defeitos de fabrico, talvez. Pela metade certamente. Se muitos consideram que somos todos metades à procura de outra metade que nos complete, então os poetas terão um coração senão a um terço, pelo menos a metade. Um abraço.

Otário disse...

é nos remendos que se constrói a poesia, remendos coloridos, que colorem a alma.

Fê-blue bird disse...

Não sei se estou de acordo...talvez por não ser poeta ou porque sou um fabrico antigo :)
Abraços

Shakti disse...

Desde que a fabrica ainda aceite reclamações...lol

bj

Maria, Simplesmente disse...

Talvez os sentimentos sejam defeitos de fabrico em todos os que sentem o mal dos outros.
Bom fim de semana
Maria

Lara Amaral disse...

Pois descompassadamente faz poesia, e dedica ao mundo, sem medo do amor pouco que pode voltar... O amor que se dá é todo...

Pena disse...

Sim! Admirável "confeccionador" de poesia fabulosa.
Estarei sempre aqui, até me mandar embora pelo talento que não consigo escrever e que tão GIGANTEMENTE confecciona.
Abraço amigo de respeito pelo seu valor de ouro puro, do maior quilate que há.
Sempre a admirá-lo e a respeitá-lo pela imensa significação.
Maravilhado pelo seu coração ENORME!

pena

Bem-Haja, amigo fabuloso!

Justine disse...

Falso! Os com defeito são os que não entendem a poesia e os poetas!
Abracinho terno, miúdo poeta:))

brisa de praia disse...

mano, eu adoro esta tua m,aneira de postar tão original, tão tua...e tens razão, o coração de um poeta tem como defeito principal sentir demais, amar demais, não renegar jamais a(s) paixão(ões)!

e quem tem áfrica na veia, seio quente da fluidez da natureza a pulsar, sabe bem o q isso é. :)

ps- paparoca p/breve.

mts bjs luz epaz

Rúbida Rosa disse...

Sou fascinada pelas tuas crônicas. Pura metáfora!
Abraços!

Ana Billet disse...

Poeta...linda a sua conclusão,
mas antes um coração com defeito do que um ser perfeito sem coração...
Beijos
Ana Billet

MalucaResponsavel disse...

gostei deste rascunho... :)

lita duarte disse...

Querido amigo!

A poesia é feita de sensibilidade.
E haja sensibilidade!

Beijos.

Cleo disse...

Tanto tempo que não passo por aqui, nem sei porque, mas aqui é infinitamente mágico. muito bom te ler.
Beijos de saudade, vou me redimir.
Cleo

Vieira Calado disse...

De acordo!

Pelo menos no que me diz respeito...


Um abraço

Carlos disse...

Gostei do teu blog :)
.
Gostavas de manter contacto? :)
(tenho um espaço novo!)--> dá uma vista de olhos ;)

Virgínia do Carmo disse...

entendi...

abraço (cúmplice :))

Carmem disse...

E quem não tem defeitos.

bjusss

S* disse...

Tão giro... :')

Jacque disse...

Quanta originalidade! Gostei demais do texto/imagem! Sensível, verdadeiro...

Lindo!

Um beijo!

JotaSP disse...

Muito bonito!!!

FAQ(er) disse...

Poeta... que vê os defeitos de fabrico dos corações.

J disse...

és um génio