segunda-feira, 22 de março de 2010

BRISA DE PRAIA
disse:
Porque há voos aparentemente cegos que nos encaminham para a luz...

16 comentários:

Otário disse...

Leio-te de uma ponta a outra,
oiço todo o teu corpo,
mergulho na tua boca,
o tempo imenso é tão pouco.



Como-te os caracóis do cabelo,
vejo-me no espelho dos teus olhos,
leio, oiço, mergulho, como o momento,
somos dois num mar de outros molhos.



Na memória gravo o teu sorriso,
o meu na tua o guardas,
e, no fim, tudo o resto é tão liso,
só sobram, só existem, palavras.

Otario, Abril 2009
EspelhoSentido (blogspot.com)

Lmatta disse...

lindas fotos
beijos

brisa de praia disse...

pk há vôos aparentemente cegos que nos encaminham para luz...

(esta foi bem 'atirada', não foi?hehe) bj

Erica Ferro disse...

Feche os olhos e voe, simples assim.

;)

Shakti disse...

Assim é difícil voltar para trás...

bj

brisa de praia disse...

para "a" luz (esqueci-me, mano ;)
lisonjeada pelo pensamento filosófico....pk será? lol
bj e noite feliz

Gerana Damulakis disse...

Maravilha! Simplesmente adorei.

Nanda Assis disse...

eu qro voar.

bjosss...

Andréia Carvalho disse...

... na trajetória secreta das cinzas.

* aqui é um bom caminho.

Justine disse...

Belíssimo!

Mar Arável disse...

O pó tambem sabe voar

Luís Terêncio Esteves disse...

Anseio satisfação e realização do Paradoxo, as imagens associadas as frases ou vice versa, são do meu agrado e deve continuar explorando diversos materiais e também a composição...
O meu agradecimento pela visita e comentário publicado no Chat do Blogdozelio.
Um abraço
LTE

Secreta disse...

Voa ... para o teu destino.

Pena disse...

O mesmo poeta mágico e sensível de sempre.
Bem-Haja amigo, possui um excelente talento.
Abraço amigo de majestoso respeito.
Sempre com uma admiração infinita.

pena

Bem-Haja, pela amabilidade no meu cantinho.
Extraordinária numa pessoa notável.
MUITO OBRIGADO, genial amigo ENORME!

Adriano C. Tardoque disse...

O PREÇO DAS TUAS ASAS

O preço das tuas asas, eu sei
Está além do que a mente diz
Está acima do que o coração quis
Está distante do que imaginei.

O preço das suas asas, então
Está além do que eu possa supor
Está acima de qualquer valor
Está distante da minha visão.

O preço das tuas asas, portanto
Ofereço sem medo de pensar:
- Das minhas costas, arranca o par...
E voas por mim com seu encanto!

IN: http://pescadordepensamentos.blogspot.com/2008/10/o-preo-das-tuas-asas.html

Poemas e Cotidiano disse...

Querido Edu!
Como seria bom, se pudessemos apagar o caminho, e pegar essas asas que voce ve... Tantas vezes ha tantas coisas na vida que queremos apagar, e nao conseguimos, e nem mesmo achamos um par de asas...que lindo!
Acho maravilhosa sua inspiracao...e essas fotos que voce tira, com escritos, sao realmente fabulosas.
Te admiro, meu querido! Te adoro, e sabes que estas dentro de meu coracao!
Um beijo carinhoso
MARY