segunda-feira, 19 de abril de 2010

20 comentários:

Delirius disse...

Nem sempre as palavras são necessárias! E tu que escreves maravilhosamente, não tens precisado delas para dizer tanta coisa.
Beijo.

João Castro disse...

Para mim, a palavra é tudo!

Afonso Costa disse...

nem tudo são palavras. os olhos podem ver coisas indescritíveis, que apenas podem ser sentidas.

Anabela disse...

Conceptualizam e não agem
São sozinhas as palavras
Cruéis espadas de imaginários
São masculinas as palavras…
Doces, envolventes, catalíticas
São femininas as palavras…
Só numa o poeta trota luas
Faz Luz vinda do breu
Pinta céus
Só uma faz o Uno
Enchendo vazios de alma
É nela que a poesia adocifica
Pela branda suavidade
Do indizível
Abrindo guardas
Conceito e objecto
Que se constrói no silêncio
Esvaindo o erradio sozinho
De outras palavras.

Boa semana Heduardo

Lara Amaral disse...

Antes de formar palavras, as letras são desenhos, são formas pintadas que dão vida aos nossos pensamentos.

Justine disse...

Mais uma magnífica composição, onde não falta o toque do húmus e da flor...

Anónimo disse...

amei a tua poetecnologia ,conseguiste clonar o teu sentimento no plasmideo da flor .pela agua consigo ver o reflexo do teu corpo a janela .

romance.

Shakti disse...

E consegues na perfeição !!!

bj

Pena disse...

Admirável Amigo:
Olhe, creio que escreve palavras deliciosas e ternas mesmo nas imagens que as palavras não ocupam, tal o seu gigante talento e sublime presença aqui.
Abraço ao seu fantástico Ser e Sentir.
Com respeito e estima enormes.
Aprendi a admirá-lo pelos sublimes textos ou poesias muito belas em que baralha tudo o que somos.
Cordialmente fascinado por tanta beleza no que faz.


pena

Bem-Haja, gigante Amigo de bem.
Notável!
É fabuloso.

Fê-blue bird disse...

Consegue sempre transmitir em poucas palavras um grande pensamento.
Como sempre, perfeito!
Um beijinho

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Outrora ocuparam... ;)

Su disse...

Fascinam-me os seus arranjos que de palavras e imagens!
Tão simples elementos em tão compostas mensagens...
Soberbo!
Su

Anónimo disse...

voltarão a ocupar. É só dar tempo à velha meretriz

PÉTALA disse...

VER COM AS MÃOS
O QUE É IMPERCEPTÍVEL
AO OLHAR.

AromaS de
PÉTALA

Sereia Azul* disse...

Sem dúvida que há imagens que são autêntica poesia!!! Elas entram na nossa alma e sorriem versos que só o nosso coração pode ler.

Uma brisa do meu mar*

Amor feito Poesia disse...

Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de joelhos.

Victor Hugo

Bom final de tarde.....Beijos meus

Poemas e Cotidiano disse...

Que maravilhoso, Edu!
Simplesmente magnifico. Voce sempre troca os sentidos, e tenho que pensar ao ler, adoro isso.
Lindo, lindo, lindo!

Beijos carinhosos
MARY

Gerana Damulakis disse...

Bacana.

Cosmunicando disse...

tempo da imagem
tomar o poema
indistinto

ser margem

horas a frio
despalavrar.

maria manuel disse...

no lugar,
as palavras comuns transformam-se,
dão lugar a imagens,
e isso é poesia