quarta-feira, 14 de julho de 2010

Exposição fotográfica de Hugo Estrela
"contextos" escritos por mim
Local: Biblioteca Municipal de Cascais

Até 31 de Julho

Entrada: grátis

Horário: ‎2ªs das 14h às 18h 3ª a 6ª das 10h às 18h

sábado das 10h às 14h

Próximo do Shopping Cascais Villa e da estação dos comboios.

14 comentários:

ღPat.ღ disse...

Ai se eu pudesse estar deste lado neste momento... prestigiaria esta arte tão linda!

Santa Cruz disse...

Amigo vai ser linda a exposição tenho pena de não poder ir ai a cacais vive ai varios anos, aida o mes passado estive em cascais.
Um abraço
Santa Cruz

Anabela disse...

Parabéns Heduardo.
Irei ver :)

Otário disse...

terás de me explicar melhor isso...

Gislãne disse...

Parabens!!!

b ú z i o p r a i a disse...

PARABÉNS, MANO EDU!!!
não estivesse eu de férias e teria já assistido... adorava mesmo!
tu mereces.
mts bs felizes e orgulhosos ;)

Léo Santos disse...

Ah! Se eu estivesse ao menos perto! Mas, envio-te energias positivas!

Um abraço!

manuela baptista disse...

por razões que não interessam para aqui

estou lá caída todos os dias, no jardim da biblioteca

umas vezes entro, outras não

amanhã é dia sim!

Manuela

Fê-blue bird disse...

Parabéns! A sua arte na escrita deve ser exposta e apreciada como deve ser.
Pena eu morar longe, mas nunca se sabe:-)
Para quando puder,tenho no meu blogue uma pequena homenagem que fiz aos amigos.
Beijinhos e bom fim de semana.

Gerana Damulakis disse...

Que legal, parabéns!

Justine disse...

Passarei, pois! Mas só na última semana do mês.
Estou cheia de curiosidade:)))

Carmo disse...

boa sorte para a exposição.
Bom fim de semana

Anabela disse...

Apesar de o autor das fotografias não querer que elas se vejam eu vi-as deslocando a luz de lugar ;)
Gostei do jogo perto e longe para poder desfrutar da fotografia. Esse foi o único ponto de encontro que me foi evidente com a tua escrita. às vezes tão próximo e às vezes tão longe.
Achei graça ao facto de precisar de deslocar a luz para ver a rosa florir no coração da moça. A rosa só é evidente quando colocas luz sobre a fotografia. essa verdade esotérica da luz transportada pelo próprio para ver florir rosa no coração, se bem que acredite não intencional, fez-me abrir um sorriso. sorriso maior na palavra quietude do teu texto.
Reconheci os teus textos mas não é evidente que a autoria dos textos não é do artista plástico.
Genericamente gostei. Acho no entanto que a falta de luz não indicia sombra ou o que se esconde na nossa profunda treva (a tua escrita é luminosa e a fotografia também é).
Tudo de bom

Ana Claudia disse...

Entra pelas entrelinhas. Não vou abrir os caminhos sem fazer vazar.


Oi, tudo bem? Gosto das imagens, dos poemas. E estou só brincando com palavras também, espero que não haja problema.
Parabéns!