quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Quando te perguntarem o que é a poesia. Responde-lhes com poemas que tenham versos curtos. Que sejam límpidos e diáfanos e que não cedam a metáforas inúteis em pose de bom gosto!

15 comentários:

OutrosEncantos disse...

sabes, descobri há dias que não sei afinal o que é a poesia.
nem outras coisas que lhe estão cosidas.
nem o que silencio quer dizer.
nem o que fazer quando o sangue gela e as palavras se condensam.
descobri que sei nada.
e sou tão pouco.

Luís Coelho disse...

Apenas direi que de poesia não sei.

Parole disse...

Gosto muito das metáforas na poesia, pois me fazem pensar a palavra de um jeito diferente do habitual...

Gostei muito do post também.

Beijo e ótima semana.

Otário disse...

simples e directo.
como bem se diz, para bom
entendedor meia palavra basta.

Anabela disse...

Não existe a perfeição mas existe a Fénix que transmuta a cinza da falha. Ao poeta falham-lhe sempre palavras para exprimir um pensamento porque lhe falha pensamento para exprimir a realidade sentida e quem o diz não sou eu, é Alberto Caeiro.

Tu és um ser diáfono e os teus versos são a vazão da tua luz. Diminuí-los é diminuir-te.

Fico triste quando te vejo diminuir o valor inestimável do teu entendimento metafórico da realidade e alegro-me confiando na palavrosa fénix em ti.

Beijo amigo

Justine disse...

É uma excelente resposta!
Abraço

Luis Gomes disse...

Tá boa essa, no mínimo um poema provacoder em que a metáfora é uma arma contra a própria cabeça do poeta. Abraço

Daniel Savio disse...

E que as palavras desperte sentimentos...

Fique com Deus, menino ParadoXos.
Um abraço.

Diana Carla disse...

A poesia encotra-se na alma do poeta!!!

bjinhus...

Elaine Regina disse...

Olha, amigo, a poesia é indefinível... não tem como defini-la... Se me perguntassem o que é poesia, eu daria um milhão de respostas: o amor, a lua, as estrelas são poesia; o que temos dentro de nós mesmos, o que há de melhor no ser humano, também é poesia... o vento também soa como um belo poema... enfim...

A poesia é infinita.

Beijão!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Amigo Responder com poemas poderia ser uma solução,mas também não é muito facil eu digo que não sou nada só sei que sou aquilo que sou.
Um abraço
Santa Cruz

Apenas eu disse...

se me perguntarem o que é poesia, eu vou responder apenas:
são palavras que arrepiam.

OUTONO disse...

poesia...algumas consoantes e vogais que dançam a volúpia do sentir...

Talvez???

Blue disse...

Ou poderão ser palavras,
que pecados exprimem?

Obrigado pela visita e comentário.

Abraço

das.estórias disse...

a poesia é um encontro nas palavras.