domingo, 1 de janeiro de 2012








É atear fôlego à respiração das palavras.

5 comentários:

Nadia Mendes disse...

Feliz Ano Novo! Com tudo de bom! Nadia

Maria Dias disse...

E sem ela eu não vivo!

Beijos e um feliz Ano Novo!

Maria

Tania regina Contreiras disse...

É mesmo isso... Um 2012 cheio de contrastes, de sombras e luzes, nesse atrito que nos faz crescer!
abraços,

Areia às Ondas disse...

No Paradoxos começa-se o ano de maneira quente, mas mantendo a chama da diversidade e o lume da supresa. Meu Amigo, que 2012 te mantenha a imaginação e as mãos nesta fogueira de criatividade. Abraço.

Cynthia Lopes disse...

poesia
chama
acesa

lume