sábado, 9 de novembro de 2013


4 comentários:

jardinsdeLaura disse...

Bela imagem... deu-me vontade de escrever a giz!! ;-)

Anabela disse...

Mãos acordam sem saber pousar poema
Guardar pretéritas ausências
Passar o corpo pela escrita
Paisagem arco-iris vai nascer
Habitar a página cor de outono
Poesistir


:P

Anabela disse...

Mãos acordam sem saber pousar poema
Guardar pretéritas ausências
Passar o corpo pela escrita
Paisagem arco-iris vai nascer
Habitar a página cor de outono
Poesistir


:P

Bica Curta disse...

Este!
Com este fazia um quadro para a minha casa e cada vez que o tempo parasse em frente ao pensamento infinito, apanharia um sorriso à boleia e voltava ao mundo real.

Obrigada! :)