sábado, 14 de dezembro de 2013

O homem que lia poemas em voz alta, no meio da rua, engasgou-se com a silaba tónica de um beijo. Ao ser levado para as urgências do hospital, confessou que tudo o que queria era livrar-se das palavras que trazia escondidas debaixo da língua 

2 comentários:

lidacoelho disse...

Porém o homem era feliz e por nada deste mundo soltaria essa felicidade que se escondia debaixo da sua lingua

Kátia disse...

Um beijo poético como esse,toda gente quer.

Bela partilha!

=)