terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

A justiça não se injustifica por si. A sua ineficácia não escapa à responsabilidade do legislador passivo e servilmente obediente que cada um de nós é!

37 comentários:

Marta Vasil disse...

Será que, por vezes, legislamos dentro de nós leis, condições, regras que nos transcendem?
Ou será que não nos conhecemos neste acto de legisladores passivos e servis?
Ou será que nos demitimos da responsabilidade de fazer da justiça, a verdadeira JUSTIÇA?
Ou não será nada disto que escrevo?

Beijinho

MV

Poemas e Cotidiano disse...

A verdadeira justiça se justifica
pelo sentimento genuino da verdade que todo ser humano tem dentro de si.
A verdadeira justiça, tem as leis
naturais e transparentes da honestidade, nao so a do julgamento, mas a do entendimento profundo e nitido, que passa por cima de qualquer argumento.
Em uma situacao, e o retrato do nosso cerebro, perfeito e nitido, mas sem deixar de mostrar as cores invisiveis do sentimento.

*Saudades, muitas saudades*

Aquele beijo especial meu amigo querido, e aquele abraço muito apertado.

Mary

Poemas e Cotidiano disse...

Acentuando a frase:
"Em uma situacao é ... o retrato...

PS: Ah! esse teclado sem acentos...
ainda bem que meus amigos me entendem...

Muitos beijos querido Hedu!
Mary

elvira carvalho disse...

E quando se chega à minha idade, a descrença é tanta que só resta uma pergunta. Será que a verdadeira justiça, existe?
Um abraço

*Lisa_B* disse...

A justiça terrena não acredito mas preciso acreditar. A justiça divina a Deus a deixo entregue pois quem melhor que Ele para saber o que fazer com cada um dos pecadores.

Profundo o teu pensamento que dava para muitas horas de conversa e não através de uma caixa de comentários.
Beijinhos

Lmatta disse...

concordo
beijos

Nanda Assis disse...

uau a melhor "definição" pra mim ate hj.

bjosss..♥

Maria, Simplesmente disse...

Porque queremos fazer a justiça segundo os nossos princípios, queles que nos transmitiram e pensamos estar correctos.
E agora pergunto: qual é a verdadeira justiça, ou a justiça correcta?...
Abraço

Pena disse...

Estimado e Genial AMIGO:
Sim! Por vezes, a ineficácia do legislador observa a passividade do legislado.
A sua fabulosa magia extraordinária em campos delicados com as Leis são decoradas pelo seu talento numa frase significativa e profunda. Muito poderosa e soberba de apuradíssimo requinte escrito e soberbo pensar. Preenche-nos inteiramente e completamente, o seu Ser Gigante de um pensamento apuradíssimo...


"Fulmina" saído da sua expressão solidária e íntegra de um carácter precioso e de ouro puro nas ideias concebidas com beleza. Um sentimento que elogio com convicção e seriedade.
Extraordinário, num Ser Humano fascinante de talento e genialidade.
Admirável.
ENORME "Estar" na vida de todos nós.
Abraço amigo de imenso respeito, estima e consideração.
OBRIGADO pelo gesto majestoso de enormidade inigualável deixado expresso no meu "cantinho".
Cordialmente e sempre atento ao que escreve ternamente

pena

Excelente "sentir"/"Estar"/ e "Ser", BRILHANTE amigo!
Um instante de perfeição existente, a sua.

Mariazita disse...

Porque me vou ausentar, a partir de hoje à noite e até meados da próxima semana, não poderei, neste período, fazer, como tanto gosto, as habituais visitas e comentários.

No entanto deixarei programado (assim espero!) um post para ser publicado na quinta-feira (Anita) e outro para domingo, que, se quiseres, podes ir ver.

HOJE, AINDA, TENCIONO PUBLICAR NO LÍRIOS.

Até ao meu regresso.
Bom Carnaval.

Beijinhos
Mariazita

Danny Doo® disse...

Olá amigo!

Obrigada pela presença no meu cantinho...

Abraços!!!

Fernando Rozano disse...

a justiça....ainda falta muito, embora haja muitos bons dentro, para ser com J maiúsculo. infelizmente. meu grande abraço ao amigo dessa margem.

lilipat2008 disse...

Tens toda a razão...a justiça injusta somos todos nós que a fazemos...

:)

bjs

Maria Anjos Varanda disse...

é bem verdade, isto que escreveste.
Muitas vezes a culpa de muitas injustiças é nossa......

Beijos

Shakti disse...

E quando a injustiça acaba por se tornar em justiça dos homens ???

bj

Daniel Costa disse...

Paradoxos

A justiça pode errar á conta do legislador. Ela por si, pode cometer erros de interpretação.
Daniel

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDO EDU, CONCORDO COM AS TUAS PALAVRAS AMIGO!!! UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Val Du disse...

Onde existe o homem: sempre haverá erros injustificáveis.

Amigo Heduardo, um beijo.

sonjita disse...

Passa por mudar muita mentalidade, que ainda não nos dispomos a fazer... é um caminho que se faz caminhando... mas caminhando num único sentido que torna tudo muito mais complicado.

Somos seres complicados..

BJoka

Peter Pan disse...

Brilhante Amigo:
Realmente, o meu amigo maravilha.
Um notável sentir de imensa significação o que refere com beleza e pureza. Um sentimento esclarecedor do que vai em si.
Li-o com atenção, como o merece.
Fascinante.
Preenche nas atitudes, nos gestos, na sensatez e sobriedade muito apurada e lúcida, espalhando o bem-estar e alegria de viver por onde passa.
Excelente!
Produz no leitor imensa significação gigante.
Abraço amigo de imenso respeito e admiração num ser humano ímpar.
Maravilhado pela profundidade da sua escrita poderosa e soberba...


Peter pan/Pena

GMV disse...

Palavras na "justa" medida de TI.

O beijo meu/teu - nosso - de boa noite.

Maria Rosa disse...

;) gostei de te ler :)

Seria bom que a justiça se fizesse em concórdia com o senso do cidadão comum. Se assim fosse ela não se injustificaria ao regrar o bom senso e no entanto, quase sempre, é isso que a torna ineficaz. Não somos irresponsáveis na ineficácia da justiça, claro! Somos parte, dizem! Mas de facto só dizem porque a justiça é um rio que nos enviam do alto e não a forte corrente à superfície de uma nascente interior.

foi o que pensei ao ler-te (k)

Cotovia disse...

Entre o luar e o crepúsculo, o sono e a lucidez, o silêncio do mundo e o barulho de ti, há uma voz muda que percorre a aridez do teu pensamento... Sentes?... É o Pio da Cotovia!

mariab disse...

verdade. a responsabilidade é, também, de cada um de nós. beijo

Fa menor disse...

Olha baralhaste-me!... não me apetece pensar agora, tenho de poupar a cabeça para a aula.
Bjs

bat_trash disse...

Por isso a justiça é cega, não porque ela atinge sem ver a quem, mas porque há detalhes que só mesmo cegos mão vêem de sim e dos que o cercam.

Beijos.

varal experimental disse...

Justiça; parece que é só mais uma palavra.

Bjos

Maria, Simplesmente disse...

Nós criamos as leis que nunca são cumpridas porque não a podemos pôr em prática. Em lugar disso, por vezes, ficamos a ver aplicar a "injustiça", e a sofrer.
Maria

f@ disse...

com tanta in justiça...tudo escapa...

Beijinhos das nuvens

Inês Neto disse...

Obrigado :)

Justiça? O que é isso?

Justine disse...

Hoje não me apetece comentar o teu texto triste de tão verdadeiro!

Hoje apetece-me recordar duas pessoas que, num qualquer cais de metropolitano, descobriram a alegria de um encontro inesperado mas cintilante.
Beijo para ti, amigo:))

ลndreia disse...

A justiça falha. Quem não falha é a consciência de cada um. *

David Monsores disse...

Justiça e verdade, uma dialética será?
Me perco, não posso intermediar o justo e o frouxo, vejo as leis da vida escritas na existência.
Assunto intrigante!
Abraço!

JC disse...

Justiça? Onde existe justiça?
Como se quer fazer justiça quando há pocessos que se arrastam em tribunais ao longo de anos?
Um abraço

graciete disse...

Agrciada pelo seu comentário.
Abraço amigo e um terno Bem-Aja

Anita Mendes disse...

concordo plenamente .antes culpe-se a si mesmo pra depois culpar os outros.
Anita.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,