terça-feira, 1 de setembro de 2009

Afropoesíaco

O sorriso mais perto da boca fica aproximadamente a uma ou duas distâncias daqui. Se isto não sai imaculado não é por não compreender a distância mas porque já só consigo escrever à dentada cada verso que ocupa o lugar de um beijo. Já só contigo consigo abrandar batimentos cardíacos que ameaçam a integridade física dos poemas que escrevo em voz baixa para ninguém saber. Bando de cordas vocais em segunda mão usadas para açoitar tímpanos de quem espreme a memória até ao osso. Inventa solidão para preencher isto que não é poema escrito em voz alta não é fracção de noite em que se calam afectos não é nada que entra pelos bolsos e sai pela boca não é coágulo de barro para asfaltar flores que faltam nas tuas mãos mal adivinhadas.

É isto que eu quis. E nunca vos disse por querer tanto ajustar palavras à verdade embora por entre metáforas de fácil indigestão. Ousadias que usam noites para se africarem em danças de alma. Em pegadas em que não deixámos passos. No horóscopo que desacerta a idade que o beijo demora a chegar ao coração. Tempo que o capim demora a crescer e a tapar os rios com lençóis de granito. Distância que a luz demora a entrar pelos teus olhos e a sair pelo que escrevo. Palancas que caminham rente ao arco-íris. Sono indormido que assinala o sonho e a página antes de apagar a leitura. Poetas que mastigam à dentada versos que ocupam o lugar do vazio. Outros que espremem a memória até ao que não posso apregoar com a tua voz. Os mesmos que vendem poemas ao preço de gotas de água só para matar a fome das palavras. Olhos que vi com os meus próprios. Espelho tão teu mas muito mais nosso do que meu. Carícia que me afrodizias com o olhar. Aquietei. Atei tudo num saco e atirei dentro de um rascunho.

Porque nem sempre o corpo é um lugar atraente em que se está. Porque defendo a tua loucura. Dela dependo para continuar a querer. Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão. Isto nunca vos disse. Porque isto não é como um poema.

59 comentários:

O homem e a mente disse...

"Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão"

Isso é de fazer o corãção bater forte, tá muito bonito, adorei.

Aquele abraço.

Justine disse...

É como um caudal violento, profundo, de perfume telúrico e primordial. A tua escrita.
Um afroabraço:))

Arabica disse...

O mesmo pensamento acima reposto, a gosto, foi o que me entrou pela minha poesia adentro.
A metamorfose do sentir, sem diferenças de continente.

ABraço, Hedu.

*Adriana* disse...

"Espelho tão teu mas muito mais nosso do que meu. Carícia que me afrodizias com o olhar. Aquietei. Atei tudo num saco e atirei dentro de um rascunho.Porque nem sempre o corpo é um lugar atraente em que se está. Porque defendo a tua loucura". Adorei sua visita em meu espaço virtual e aqui estou para conhecê-lo um pouco mais. Escreves muito bem, é prazeroso ler quem sabe escrever. Parabéns!.
Abraços
Adriana

Cleo disse...

Uma delicia ler-te. "de quem espreme a memória até o osso", visceral teu texto. Belíssimo.
Beijos com carinho e uma semana de muita paz e luz.
Cleo

alertageral disse...

Sr. poeta.

Bonito, muito bonito.

Abraços

Térsio Vieira disse...

Grande Eduardo, bons textos tens por aqui. De facto, a tua forma de escrever é impressionante! Daqui a nada teremos um nobel literário lol

Fica bem, que DEUS grandemente te abençoe e te guarde! Abraços!

KBÇAPOETA disse...

Lindo e cativante!

Lara Amaral disse...

"Sono indormido que assinala o sonho e a página antes de apagar a leitura."
Quanto sentimento vc consegue expressar em apenas uma frase... no texto todo, então, nem se fala. Cada verso nos faz entrar num mundo paralelo diferente. Lindo aqui. Abraços!

Palma da Mão disse...

Porque escrita é vida, e vida é arte, felicidades Artista!

Lindo mesmo!
beijinhos

Graça disse...

"...isto não é como um poema", nem podia. Isto és tu, fazedor de palavras extra-poéticas. Ler-te é uma experiência que me faz sempre bem. Gosto de criatividade, incentivo-a, enquanto professora, e tu tens de sobra.

Meu querido Eduardo, aquele beijo tão nosso, na mais profunda admiração.

Mar Arável disse...

Há estrelas

dizem que caiem dos céus

mas as perenes são

as que se conquistam

com palavras

que têm vida por dentro

Gostei desta viagem

Maria Dias disse...

Quem escreve como vc tem um grande interior com muitas palavras a desenhar os pensamentos...Bonito o q escreveste!

Beijos!

P.S.Aproveitando a visita pra te convidar a brindar comigo no Avesso q hoje completa dois anos de criação!Te aguardo!

Anabela disse...

"Porque nem sempre o corpo" espelha o "lugar atraente em que se" É

Magnifico poema

beijo

Chris disse...

Gostei de visitar estes paradoxos, um espaço onde a escrita é intensa.
Parabéns
Chris

Ariadna Garibaldi disse...

"Afropoesíaco" - Tão interessante e poético o título quanto repleto de sentires, verdades e poesia é o texto.
Gostei imensamente! Parabéns!

Beijo

Ariadna Garibaldi

Poemas e Cotidiano disse...

Meu querido Hedu,
Por enquanto, eu quero te dizer que bebi seu texto, num gole soh...(ahhh que delicia!) e coloquei uma frase no meu blog, lah em cima, que para mim foi a frase mais maravilhosa que ja ouvi.
Ah menino, eu preciso de tempo, tempo, tempo.... quero escrever-te tantas coisas...
Mas eu volto.
Beijos carinhosos
Mary

eu tenho um sonho " infanda" disse...

olá
abraços

.Lis disse...

Se escreves para abafar as suas exigências íntimas ...por favor, escreva sempre porque escreves lindamente!
Nao estou só retribuindo a visita ,cheguei pra ficar quietinha aqui, só lendo.Posso nem comentar, mas estou lendo. A minha palavra as vezes me atrapalha.... rsrs porisso me encharco das dos outros. Será isso um erro?
Grande abraço

Bianca L. Forreque disse...

Muito grata pelo comentário e pela visita que me fez. :)
Gostei disso aqui!
O último parágrafo desse texto ainda está perambulando pela minha cabeça, hahaha. Muito bom!

Shakti disse...

Bonito...muito bonito !!!!

bj

Marjorie Bier disse...

Adoooro!
Cada visita é um delicioso passeio pelos instintos!

Lmatta disse...

gostei do texto
beijos

Anónimo disse...

Esta Foto é muito especial para mim, me vejo nela,estou nela, sou ela.O texto está tao apaixonante,é mais que uma prova,é a PROVA.estou emocionada como raramente fico.Percebi,Percebo cada vez melhor.
Amo-te

Anónimo disse...

Ser Angofrodisiaca da nossa cultura ,libertar os nossos poemas em noites quentes,dizer em voz baixa que o beijo é arte...eis a aasinatura que faltava.

obs:sem cumprimentos nem despedidas porque já cá estás.

Pratas disse...

O parágrafo final é arrebatador...

Duanny!. disse...

Primeira vez aqui.. e adorei.
adorei, cada letra do seu texto.
muuuito bom.
valeu a visita!

Eduardo Mesquita disse...

Espero que continue a depender desta "LOUCURA" tambem, para continuar a escrever.
Gostei muito.
Vou voltar.
Embora o meu blog seja vedado a comentarios por opcao, pode sempre visitar LACOS DE POESIA para ler um pouco das minhas nao tao "LOUCAS" palavras e nao so'.
Eduardo.

Nilson Barcelli disse...

Pode não ser como um poema, mas as tuas palavras são poesia.
Magnífico caro amigo, gostei imenso.
Bom fim de semana, abraço.

Adriana Karnal disse...

isso é demais, escreves prosa como poesia,embora não acredites

Pena disse...

Oh, Gigantesco génio da Blogosfera:
VOCÊ é pura e simplesmente notável.
Fico sempre "atolambado" quando passo aqui.

Uma escrita BRILHANTE. PLENA. Imensa.
Bem-Haja, amigo notável.
Abraço de amizade, estima e respeito.
É uma honra lê-lo.
Cordialmente, atónito por tanta magia ímpar...

pena

Simplesmente, admirável. Perfeito, amigo.
Extraordinário.
Sem palavras...

Dry Neres disse...

Você está em tudo em mim ao mesmo tempo. Diz pra mim como você consegue ser tão perfeito?!
Diz mais pra mim da poesia que é você... Estou novamente maravilhada... Paralisada... Você me inquieta, alimenta!
Eu só escrevo após ler-te, nem que seja em silêncio de comentar, mesmo que seja uma frase apenas (o que se tratando de você, já me seria como abraçar o céu)!


Diz pra mim que você existe... Porque se não, eu juro que não acredito!

Meus beijos de fascínio e pensamento...

Dry Neres

Idaldina Martins Dias disse...

Li, reli,devorei as palavras desta poesia em prosa... Fiquei cansada, faltou-me o ar mas, ao mesmo tempo, fui envolvida por uma núvem de bem estsr, de calma ... e como eu estava precisada deste balsamo...
Nas suas palavras está presente a lembrança de África, a África que eu amo...
Em boa hora espreitei o seu blog...
Vou entrar aqui muitas mais vezes pois não é fácil encontrar quem escreva como você, muitos parabéns...
Desejo que a vida lhe traga tudo de bom.
Quero agradecer-lhe o simpático comentário que deixou no meu blog.
Beijos de carinho
Idaldina

Alessandra disse...

Lindo e emocionante, como sempre.
É muito bom chegar aqui e encher a alma com esse romantismo requintado e cheio de belezas da linguagem escrita.

Um beijo, querido.

praia da lua disse...

estou aqui, amigo :)
bj africano

Iana disse...

Ola meu caro...

Demorei mais cheguei a este cantinho maravilhoso... :))) Vim agradecer sua doce visita em meu jardim... volta mais vez e continue a regar o jardim florido... a rosa amiga gosta imenso!!! :)))

Espero passar por aqui sempre que possa e ler-te com mais calma...

Até lá muitos beijinhos da simples rosa amaiga
Iana!!!

Eu sei que vou te amar disse...

Maravilhosa forma de manifestar o desejo!
Beijo doce

OUTONO disse...

Um trabalho...mais um...fascinante!
A palavra desejo, ou o desejo da palavra!

Parabéns. Um abraço!

Graça disse...

Beijo de bom fim de semana. Que seja poético!

Chá das Cinco disse...

Você escreve muito rapaz!
Olha, sem medo de errar, já li muita coisa nessa vida e o que você escreve é de tirar o fôlego.
Você coloca nas palavras a tua alma, você derrama nas letras as tua lágrima, o teu texto tem boca e sorri,tem olhos altivos e tem coração.
Amei vir aqui, sou tua seguidora com prazer.
Bjs meu lindo.
Gemária Sampaio

Carla disse...

e vive-se essa solidão em busca desse centímetro de amor...e assim se faz poesia em palavras encantadas como as tuas
beijo

Fa menor disse...

As tuas palavras são de uma enorme poesia.

"poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão."

Sim, têm amor e solidão. E dóem!
Isto é muito mais do que um poema!

Bjinhos

Sarah Araujo disse...

Amei seu post mas amei mesmo a frase que esta no inicio do seu blog "As palavras são a varinha mágica dos ilusionistas que recriam a vida e nos deixam sem perceber onde acabou a ilusão e onde a realidade nunca existiu."

Carambaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Pena disse...

Portentoso de genialidade imensa, Amigo:
"...Porque nem sempre o corpo é um lugar atraente em que se está. Porque defendo a tua loucura. Dela dependo para continuar a querer. Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão. Isto nunca vos disse. Porque isto não é como um poema..."

Divinal...
Abraço bem forte de amizade pela sua imensa significação extraordinária.
Não! nunca soube o que era a poesia. Escrevo só e apenas.
Parabéns pela genialidade latente e manifesta.

pena

Um colosso de admiração talentosa.
Bem-Haja, amigo ENORME!

Pena disse...

Admirável Amigo:
"...Porque nem sempre o corpo é um lugar atraente em que se está. Porque defendo a tua loucura. Dela dependo para continuar a querer. Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão..."

Que "coisa" mais fabulosa e extraordinária. Ímpar.
Abraço forte de amizade e imenso respeito pela sua significação imensa e grandiosa na Blogosfera.
Maravilhado...


pena

MADRUGADA... disse...

belo texto.

Anónimo disse...

Palavras p'ra quê?!

Absolutamante genial é o que tu és!

Cada vez estou mais certa disso!

Beijão meu querido amigo!

De quem? de quem?

Da Xinhaaaaaaaa!

Sophie Angel disse...

Nunca li algo assim...
Sabemos sentir e pensar no que sentimos, mas muitas vezes não conseguimos escrever o que pensamos...

Incrível esse post!

o/

Graça Magalhães disse...

A única solidão faz-me voltar ao teu coração para perceber melhor cada centímetro que respiro ao ler-te. Descubro melhor o caminho que me leva ao universo de estrelas que vou deixando cair...procuro-te hoje não para desabafar mas para sorrir o mundo do mesmo modo que o sabes sorrir...
Abraço. Graça Magalhaes

praia da lua disse...

"Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão" - simplesmente fantástico o que escreves, Edu!

poesia é vida...vida é solidão...recolhimento...tb partilha...aspiração de amor...deserto de dor...

adoro ler-te. td de bom p ti :)

Afonso disse...

Não pode haver poesia sem se conhecer o amor.

Gostei bastante :) Abraço

mariam disse...

Heduardo,

... uma torrente de palavras poesia... adorei navegar por elas...

um sorriso enorme :)
mariam

Carlos Alberto disse...

Não sei o que dizer!

Com tudo isto, eu acho que já poderias fazer um Livro com os teus poemas..
Se quizeres patrocino-te, apesar de não ser "ninguém" .
Pensa nisso
Abraços

Caçadora de Emoções disse...

Querido Ilusionista de Palavras,
Uma vez mais... rendi-me à tua escrita e às emoções que transmites. És unico Amigo!
Fica bem.

Beijo grande na companhia de um sorriso :)

OUTONO disse...

Se a poesia fosse escultura...nas tuas mãos surgiriam grandes belezas de palvras monumento.

Não... estou a sonhar. A poesia é escultura!

Abraço amigo!

Susn F. disse...

Que sabemos nós dessas nuvens cinzentas onde repousam palavras douradas?


Não
nos
sabemos.

Cremos em mãos de poeiras aladas rente ao chão.

E
voamos
sem querer.

Rastejamos no sangue das espadas

Sem
nos saber
das próximas passadas.



Adorei ler-te nas entrelinhas.

Abraço

Val Du disse...

Sr. Paradoxos.

Passo p/ deixar um oi e um beijo.

Hasta la vista. :)

Poesias e Canções disse...

Porque poesia não é ainda poesia se por dentro não tiver pelo menos um centímetro de amor antes de ser solidão.

Belíssimo acorde !
Como se ouvisse violinos tocados a noite a luz do luar ,
um coração que não nunca está só
embora seu corpo seja vestido de solidão
Meu coração estremeceu!
Essas notas ecoaram em meu coração e minha voz a acompanhou.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,