terça-feira, 2 de novembro de 2010

13 comentários:

Otário disse...

certas frase têm o poder de me retirar forças. cansam-me a alma, fazem-me relembrar. esta não me 'resurgiu' nenhum Efeito Borboleta, mas digo-te homem, que me fará pensar até ao fim desta semana, quem sabe, o mês inteiro...

Anabela disse...

Não te canses Otário. O que ele quer sei eu hehehehehe

magnifico verso eduardo. Aguardo o que vais fazer com ele.
Li "beija-me"
Beijo em ti (e até pode ser na ponta do nariz que é bem à beira da boca lolol)

Boa semana querido amigo

Pena disse...

Sublime e Notável Amigo:
A existência, toda ela, é feita de silêncios à beira da boca.
Simplesmente uma mensagem divinal e perfeita feita de encanto e beleza.
De veracidade e autenticidade.
Abraço amigo ao seu talento.
Com respeito e admiração pelo seu enorme e gigantesco pensamento.
Com consideração enorme.

pena

Bem-Haja, precioso amigo de bem.
Fantástico.
Adorei.

"quicas" (joaquim do carmo) disse...

Hoje, há silêncios mesmo muito calados - estando ali, bem perto da fonte!
Abraço de Parabéns - belo post!

Nanda Assis disse...

amoo muitoo isso aqui.

bjoss...

acácia rubra disse...

Antes " palavra-me" do que apalavra-me...

Beijo

Lara Amaral disse...

Enlevador vc, e tudo o que escreves.

Beijo de admiração!

Graça disse...

Sempre Tu!

O nosso beijo, querido Eduardo

OutrosEncantos disse...

:-))) magnifico, como habitualmente!
registei o teu recado
as presenças por vezes são sombras
não se vêm
mas sentem-se :-)

beijos

Anónimo disse...

Há vezes em que te sinto vital
Respirar-te é vaguear pela minha casa
O cheiro a ti delicia as palavras
Acesas à luz do teu vagar

Aquecem os sentimentos
E a casca abre-se à polpa dos ilêncios
que se fazem ao pé da boca

(to be continued)

Sei Lá

Anónimo disse...

Há vezes em que te sinto vital
Respirar-te é vaguear pela minha casa
O cheiro a ti delicia as palavras
Acesas à luz do teu vagar

Aquecem os sentimentos
E a casca abre-se à polpa dos silêncios
que se fazem ao pé da boca

(to be continued)

Sei Lá

ღPat.ღ disse...

Provocante... e muito!

ana margarida cristo disse...

isso é de uma sensualidade brutal...