sexta-feira, 5 de novembro de 2010

10 comentários:

Nadine Granad disse...

eu simplesmente adoro sua poesia... em qualquer lugar ;)

Rasgos de Insanidade disse...

Paradoxo na esplanada: se vierem imperiais suficientes consigo explicar porque é que os amendoins vieram dos macacos.

Paradoxo na física quântica: facilmente se percebe que o amendoim está dentro da casca, fora da casca e já no meu estomago, simultaneamente.

Paradoxo da física tradicional: o amendoim ocupa um determinado espaço e tempo e o volume e massa é variável; tudo isto sabemos devido à experiência de abrirmos a casca e descobrirmos que ele existe dentro da casca.


Paradoxo da filosofia/psicologia: o amendoim existe enquanto entidade que nos vai suprimir um desejo - de comer amendoins. Se o amendoim não existisse não tinhamos o desejo de o comer. Logo, o amendoim e tudo mais existe para suprimir as nossas necessidades.

Paradoxo do ser humano:
Lá ao longe, atrás daquela linha do horizonte, pelo escorrega das memórias de um verão quente, sento-me na esplanada novamente como se estivesse, pela primeira vez, a viver o meu primeiro dia.


Um beijo,

Justine disse...

Aí estás tu, essencial e luminoso!
Abracinho

Otário disse...

adoro amendoins...
agora meteste-me aqui um desejo,
ainda vou ali ao LIDL comprar...
saudações<!

Imagem e Poesia disse...

Adoro o teu jeito de expressar sentimentos e idéias!
Beijinhos
Ceiça

Canto da Boca disse...

Adorei a imagem do amendoim...

JOE ANT disse...

Paradoxo:
Porquê descascar, se só o como descascado?
Porquê descascar, se há outras coisas para serem devidamente descascadas?
Porquê descascar, se o desejo é mais forte?
Não poderia já vir descascadinho e temperadinho?
O tempo que perdemos a descascar, aquece a cerveja!

Vieira Calado disse...

Aqui chamamo-lhes alcagoitas...

Um forte abraço.

Anabela disse...

pois é Vieira Calado!
Imagine muamba de alcagoitas... Nem dava vontade de comer mas muamba de ginguba? Hummm uma deliciaaaaaa.

:D:D

ღPat.ღ disse...

Fiz uma homenagem ao seu blog que é lindo!

http://mundobrasileirissima.blogspot.com/2010/12/paradoxos.html

Beijão.