sexta-feira, 20 de julho de 2012

Regressa-me
Como se viesses salvar o rio abandonado no fundo dos meus gestos

10 comentários:

cores e outros amores disse...

muito bonito, não precisa de imagem, as palavras dizem tudo. parabéns!

cores e outros amores disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda Assis disse...

nossa!!! vc com poucas palavras, me tira do chão!

bjos...

Lara Amaral disse...

Belo, Hedu!

Beijinho.

Sonhadora disse...

Há gestos que ficam presos nas demoras.
Como sempre IMENSO.

Beijinho
Sonhadora

Pauwinha disse...

Que lindas palavras, Hedu!

disse...

ás vezes é preciso regressar e despreender pontas ... para que o rio siga o seu caminho e nós o nosso...


:)

disse...

ás vezes é preciso regressar e despreender pontas ... para que o rio siga o seu caminho e nós o nosso...


:)

Maria Dias disse...

Regressar...Voltar no ponto de partida...Pq não?Temos livre arbítrio.

Maria Dias disse...

Eu nunca bato a porta...Quem sabe posso querer regressar...Voltar atras mesmo q seja para ter a certeza q nao quero ficar.

Beijos e bom regresso.