terça-feira, 21 de abril de 2009

O Poema é sempre melhor que o Poeta!

66 comentários:

Marcia Barbieri disse...

Concordo!!!!


beijos ternos

Daniel Silva (Lobinho) disse...

E não é que gostei de ler isso? Tens toda a razão.

Opuntia disse...

Concordo. O poema, quando é bom, dá o grito de independência, cria asas e, então, não há nada que o poeta possa fazer.

Cosmunicando disse...

sim!! claro que é...

Tyta disse...

Não querendo desvalorizar o post, confesso que o que mais me chamou a atenção foi a etiqueta...
Porque só com ela a ideia do poema ser melhor que o poeta se complementa...Os olhos que lêem o poema não são os mesmos olhos que lêem o poeta, e só por isto, o poema é logo melhor que o poeta...
Nunca tomamos o poema e o poeta como um todo, podemos dizer que ambos tem vida própria... Apesar de esquecermos que o poema nasceu do poeta...

Mas agora deixa-me dar o mérito a ti... antes de dar ao teu "poema", porque sim... Gostei...

Fa menor disse...

Sem dúvida!

Bjinhos

JC disse...

Concordo perfeitamente!!!
Um abraço

Paula disse...

Talvez... Mas foi o poeta que o escreveu..
Um beijo,
Paula

filipa disse...

O poema tem a hipótese de voar e de fazer voar; o poeta não.
Mas se o poeta não for realmente bom, o poema nunca poderá ser livre para o fazer.

maior beijo *

Shakti disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Shakti disse...

se os olhos que te lêem soubessem ler. Ninguém te leria.

:)

Maria Rosa disse...

O poeta é a própria bonomia
Voando por entre as letras libertas
Zeladoras da Verdade do poema
A afectação e a malícia são do pé
Que o poeta levantou em cada letra
Ah poeta! Belo és tu cada vez que te atreves à vida
E deixas escorregar o poema para quem o lê
Em cada letra que se alevantou
E pensando que o lêem
Lêem a mágica mentira da caneta
Que o poeta animou!

noite mágica ;)

Anjo Negro disse...

Eu concordo e discordo ...
O Poema é sempre sublime, mas o Poeta usa o que está dentro dele para fazer o poema ...
Um sem o outro não é nada ...
Beijos Anjo Negro

GMV disse...

Mas quando o Poeta és TU, não sei se é assim tão simples!

Um beijo meu, querido Eduardo

iilógico disse...

o poeta...
é lindo imaginá-lo imaginando a poesia...
são duas "coisas"...
muito do que escrevemos, não somos...
desejamos ser...
e muito que a poesia que dizer, nós já somos.
há muito tempo.

Eduardo, te ler é um prazer.
além de me inspirar. como tudo que me comove...

abs fraternais
Paz!
veja lá...
http://iilogicowall.blogspot.com/2009/04/maneira-paradoxal.html

Retalhos de Amor disse...

Asas... Para que as quero
Assim, Poesia
Além do eu... Sem fronteiras!!!

Bravos, Edu!!!

Voltando aos teus caminhos...
Saudades de estar aqui, Amigo!!!

Beijo no coração!!!
Iza

frAgMenTUS disse...

...nem sempre...

há poetas que o são por natureza, e sabem-se expressar; outros vivem poesia, sem a saber expressar; regra geral, o poema é reflexo da alma do poeta...

um bj

O Intelectual Distraído disse...

É igual. O poema é só o espelho do Poeta.

Paradoxos da escrita...

BEL disse...

No Blogue “Pedaços” tenho um presente para ti agradeço que passes para retira-lo
Beijinhos
Bel

Fernanda Fernandes Fontes disse...

O poema é o expurgo do poeta, é o que de melhor nele há; sai a essência, fica a casca.

Enfim, estais certo!

Obrigada pela visita ao Degustação Literária. Te convido a visitar os outros blog´s tb!

Abraços!

Cleyton disse...

Concordo com a frase.
Abraço.

Rosa dos Ventos disse...

Subscrevo!

Abraço

Val Du disse...

Sr. Paradoxos.
O poema é o poeta e, o poeta é o poema.;)
Tudo junto e misturado, hehehehehe!

Beijos

Justine disse...

Huuummm, olha que não sei, miúdo!
Depende sempre do poema...e do poeta!
Abracinhos:))

Poemas e Cotidiano disse...

Meu amigo Hedu!
(queridoooooooo!)
Nao concordo com essa frase. Acho que o poder de se comunicar e dizer aquilo que esta dentro...nao eh facil. O poema nem sempre sai melhor do que o poeta.
Acho que no seu caso o POETA eh TAO IGUAL quanto o poema: GRANDE! IMENSO! PODEROSO!
Poucas pessoas tem o PODER DA PALAVRA como voce tem. Poucas pessoas tem o poder de mistura-las e dar a elas um magico toque. Voce tem!
No seu caso...o POETA e o POEMA, o POETA e o ESCRITO...o POETA e a ALMA...tudo eh grande e poderoso.
Tenho um imenso amor por voce e pelo seu escrito.
E me curvo diante da grandiosidade.
E beijo-lhe as maos.

E dou-lhe um abraco. Apertado, sentido. Verdadeiro!

MARY

Vieira Calado disse...

É. Porque o poema não mente.
Quem o faz é o poeta (embora a falar doutra coisa...)

Abrç

Pena disse...

Admirável Amigo:
Nem tenho...palavras para expressar a sua...amabilidade...gigantesca com que me presenteou no meu blog...
É caso para dizer...comovidamente...o poeta equivale-se ao poema...
Agradecido...sensibilizado...
Só uma pergunta sincera?
Onde foi buscar a magia...a sensibilidade...o talento...o génio...Tudo isto...?
ÍMPARES, entende...? ÍMPARES...!

Abraço forte de amizade, respeito e estima
Agradecido...

pena

Bem-Haja, fabuloso amigo indescritível!

Pjsoueu disse...

Sim, é verdade. Mas, o Poema jamais existe sem o Poeta!

Abraço


Pj

bruna disse...

concordo plenamente!
obrigada pelo que escreveste no meu blog, mas ainda me falta um longo caminho para ser corajosa (:

beijinho*

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...
Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...
E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana

Meus votos de um excelente final de semana, junto
às pessoas que ama.
Um abraço do amigo

Eduardo Poisl

Paulo - Intemporal disse...

__________________________________

vinte e cinco de abril de dois mil e nove
__________________________________

e porque são sei dizer melhor e se soubesse não saberia dizer assim, digo que,

"Há uma Justiça para ricos e outra para pobres, uma Justiça para famosos e outra para anónimos, como há Saúde e Educação diferentes para ricos e pobres. Cumprir Abril é uma questão de justiça. Já não podemos esperar mais 35 anos".

Paulo Baldaia

______________ para reflexão [...]

lalari disse...

O Intelectual Distraído disse...

"É igual. O poema é só o espelho do Poeta.

Paradoxos da escrita..."

Eu diria que o poema é o espelho de quem lê

Paradoxos da leitura :)

lilipat2008 disse...

É a obra prima...concordo...:)

bjitos

Talita Prates disse...

Amém...

Olhos Dourados disse...

Se calhar!;)

bekeflowerlee disse...

Será?

beijão

Jaquelyne A. Costa disse...

Muito obrigada!!!
Fico feliz em saber disso!!
Acho que ainda estou longe de estar entre os melhores...
Mas é uma honra receber um comentário assim!!
Adorei teu blog também!Não o conhecia..ainda bem que você chegou até mim!!
A frase-poemeto ficou muito boa!!

Beijos=*

Jaquelyne A. Costa disse...

Estou a lhe seguir a partir de hoje!!
Não mais quero perdê-lo de vista!!

Beijos=*

Porcelain Doll disse...

Mas se o poema é apenas parte do poeta... será que a obra completa não é mais interessante? Compreendo contudo que, talvez, o poema possa permanecer por mais tempo que o poeta, mas aí também, depende, mais uma vez, do poeta... talvez não do poeta em si, mas da sua alma... e do seu génio.

Aquela ideia que manifestei no meu texto é fantástica, concordo, mas infelizmente não é original da minha alma, para minha tristeza!! :-D É algo em que acredito, mas a primeira vez que a vi expressa por palavras foi em "O Alquimista", de Paulo Coelho: "(...) o teu tesouro precisa de ser encontrado, para que tudo isso que descobriste no caminho possa fazer sentido."

Mas por vezes penso que se nos reconhecemos nas palavras dos outros é porque, de alguma forma, essas palavras são também um pouco nossas... :-))

Muito obrigada pela visita... o seu blog parace fantástico... agradam-me imenso os paradoxos!!

Bj

Ψ ﺴ Ρяϊη¢єىå ﺴ Gµєяяєϊяå ﺴ Ψ disse...

Olá Eduardo!
Obrigada pela visita e pelo comentário simpático :)
"A vida é um tesouro inesgotável, mas somente o coração do poeta pode conhecê-la. Não acredito em filosofia, não acredito em teologia, mas acredito na poesia."
Osho
Abraço!
Manuela

Avid disse...

Mil vezes mais completo. O poema e a alma do poeta.
Bjs meus

kilder disse...

valeu pela visita ao meu blog!!! o teu é muito bacana! t+

Fragmentos Intemporais disse...

Adorei o seu espaço, as verdades e fantasias reveladas em cada palavra (d)escrita com alma!

Obrigada pela visita e pela oportunidade de conhecer o espaço em questão!

Voltarei...

Eu disse...

O poema chega a todos o poeta pode ou não chegar! Ou não!
Mas ao sentir o poema sente o poeta! Ou não
Ao ler o poema lê o poeta! Ou não!

*** :-)

(obrigado pela visita)

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mariam disse...

Heduardo,

és capaz de ter razão! mas, 'sempre' não admite a excepção... e como em tudo na vida, elas as há!

boa semana, desculpa as minhas ausências... :(

um grande abraço amigo e o meu sorriso , de sempre!
mariam

MEUS PENSAMENTOS disse...

ola vim agradecer a visita!
bom conhecer novos amigos !
volto pra ler td com calma forte abraço!

Clari... disse...

eu tbm concordo!

valeu pela visita!!
e volte sempre ;)

Graça Pires disse...

O poeta "mente tão completamente"... Concordo que interessam mais os poemas que os poetas, mas sem estes não haveria poemas... ParodoXos, meu amigo.
Um abraço.

Patrícia disse...

Olá :)

Venho agradecer o comentário no meu cantinho.

Volta sempre que quiseres, bem-vindo!

Bjs

Marta Vasil disse...

Tenho duvida que assim seja. O poema é o traço gráfico, é o rosto dos sentires que a alma manda escrever ao poeta, ainda que mais verdade, ainda que mais sonho.
O poema vive atado ao poeta, o poeta desenha-se e inventa-se no poema.
Será possível então que o poema seja melhor que o poeta? Deixo esta pergunta sobretudo para mim...

Beijinho

Renata de Aragão Lopes disse...

Vim retribuir sua visita e gostei muito do que encontrei! Voltarei, com mais tempo, para comentar meus preferidos. Até!

Nuno Medon disse...

olá! Concordo totalmente com estas palavras.

O que acontece ao teu espaço, que ás vezes, eu abria-o e parecia estar de pernas para o ar? Aliás, foi por isso que retirei o link do meu espaço. Sempre que eu entrava, estavam umas letras esquisitas e tudo de pernas para o ar. Um abraço

Isabel José António disse...

Caro Paradoxos,

Muito obrigado pela sua visita no nosso espaço.

Quanto a esta afirmação que postou há que ter sempre em conta que não é o poeta que escreve. A inspiração que se diz ser sua, de algum lado vem.

Talvez que seus instrumentos cerebrais para a escrita, estejam tão afinados e evoluídos que captem essa outra forma de vibração energética mais próxima da Realidade Última. E, se assim for, ele deixa que se faça em si o próprio poema. E ele é o poema.

Parabéns pela pequena frase tão inspirada como inspiradora.

Um abraço

José António

Simple Me disse...

Será?!
Quero lê-lo com calma... Ainda volto aqui porque gostei do pouco que li.
Belo blog!
Abraços!

Danny Doo® disse...

O poema é o sopro do poeta!

Se é melhor... é porque é um sopro de vida! E que dá vida a outras vidas!!!


:)


Bjão!

Maria Valadas disse...

Concordo plenamente!!!

Beijos.

O homem e a mente disse...

Permite-me discordar caro amigo. Porque conheço o rosto por detrás dos poemas, concordaria se o retratasses como parte do poeta, como um parceiro, não necessariamente melhor.

Vejamos, um poema pode retratar agonia num poeta alegre, felicidade num poeta triste, mas, de todo, o poema é parte do poeta, porque o poema jamais poderia ser bom por si só, sem a intervenção do poeta.

O poema não ultrapassa o seu criador, o poema é a verbalização do sentimento, o poeta é a sua personificação.

Tu és parte do que escreve, parte do que escreves és Tu.

Aquele abraço

THAÍS disse...

Tem toda razão.

Obrigada pelo elogio, vindo de outro poeta é ainda mais fácil de acreditar rs...

THAÍS disse...

ah, se não se importa, vou linkar seu blog.

Peter Pan disse...

Como VOCÊ pode ser tão significativo, soberbo e admirável num singelo poema tão fabuloso e sulime que me provoca somente um sentir: EXTRAORDINÁRIO!
Com amizade e respeito.
Abraço

pena

Paulo - Intemporal disse...

Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

Maio também de Maria, de re.conciliação.

Maio de colher, a semente.

íssimo _______________________________ .

Arabica disse...

...o café ultrapassa o grão?

:)

tulipa disse...

Há uma data para comemorar: o meu "Momentos Perfeitos" faz hoje 1 ano.
Convido-te a vires brindar comigo!

Feliz "Dia do Trabalhador".
Bom fim de semana prolongado.

ESREITA...e vê se conheces o restaurante onde estou à espera de todos vós, para fazermos um brinde!

Uma pista:
é no SUL..

Lilazdavioleta disse...

Esta frase não pode ser tida como uma verdade absoluta.
Até porque o poema não só tem a ver com quem o faz , como também com quem o lê .
Dava para uma bela discussão.

beijo

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,